sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Eleições: gays, lésbicas e evangélicos crescerão. Esquerda moderada e direita também.

POLÍTICA

Voz da Alemanha - Deutsch Welle - 30.09.2016

As novas forças políticas que despontam no Brasil

Com a classe política desacreditada por escândalos de corrupção, novas lideranças surgem no Brasil. Saiba quem são esses atores, que emergem dos protestos desde de 2013 e disputam agora a primeira eleição pós-Lava Jato.
Manifestantes no Rio de Janeiro em junho de 2013
Parte das novas lideranças políticas se originou nos protestos de 2013
De um lado, ativistas e integrantes de minorias políticas, como LGBT, negros e mulheres. Do outro, evangélicos e liberais. Essas são algumas das novas forças políticas que emergem ou se intensificam a partir das manifestações de junho de 2013, e que ganham ainda mais impulso com a perda de credibilidade da política tradicional após os escândalos de corrupção. Com a promessa de renovar os tão desgastados processos institucionais, eles se diferenciam já a partir das campanhas, criativas e com alto uso das tecnologias e redes sociais, e disputam cargos nas eleições de domingo, as primeiras após a minirreforma política e após a Lava-Jato.
Para a cientista política Luciana Tatagiba, coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Participação, Movimentos Sociais e Ação Coletiva (Nepac) da Unicamp, antes mesmo de junho de 2013 já havia mudanças na configuração de forças políticas, tanto à esquerda quanto à direita. Segundo ela, as manifestações apenas deixaram mais explícita uma forte descrença nas instituições da democracia representativa – fenômeno que tem sido observado no mundo todo – e também um forte desejo de participação, principalmente entre os jovens. "Vivemos hoje uma profunda crise de projeto político, de narrativa de mudança, e isso impacta fortemente a juventude", diz Tatagiba.
Novos movimentos de esquerda
A Bancada Ativista, de São Paulo, é um dos grupos que tenta buscar uma nova narrativa para a política. A iniciativa suprapartidária surgiu das conversas entre um grupo de pessoas que atuam em diferentes causas na sociedade civil para mapear e apoiar candidaturas de ativistas nunca antes eleitos, mas com trajetória de defesa de causas progressistas. Cerca de 40 pessoas criaram o movimento, que mapeou e agora apoia oito candidaturas para o legislativo, das quais quatro são de mulheres e três são de negros. A maioria dos candidatos sai pelo PSOL, mas dois saem pela Rede. Um deles, Pedro Markun, se define como candidato independente – ele aproveita uma brecha do estatuto do partido que reserva 30% de vagas para candidatos que não concordam 100% com as bandeiras do partido. O compromisso é com a base, não com o partido. Os princípios que unem os oito candidatos, como o produtor cultural Márcio Black, da Rede, e a feminista Sâmia Bonfim, do PSOL, é a garantia dos direitos humanos, políticos e civis, e a criação de uma cidade mais diversa e humana.
Movimento parecido ocorre em Belo Horizonte, com o Muitas, que surge da união de diversas iniciativas da cidade, como os grupos que fazem acontecer o carnaval de rua, os cicloativistas, as ocupações de moradia, a Praia da Estação, entre outros. Depois de ocupar as ruas, a ideia é ocupar a política. São 13 candidaturas, todas do PSOL, sendo 8 mulheres, 3 homens e uma pessoa queer/não-binária, Ed Marte, que se candidata com a bandeira de lutar pelo respeito à diversidade sexual. Assim como a Bancada Ativista, o Muitas se pauta pela ideia de transparência radical: o plano é prestar contas de tudo que for feito e realizar assembleias em praças públicas, garantindo que a participação dos eleitores não fique restrita ao voto.
Novos movimentos de direita
Do outro lado do espectro político, um grupo que continua a ganhar força é o dos evangélicos, que já ocupam as ruas há algum tempo com as Marchas para Jesus. De acordo com o cientista social Fábio Lacerda, que realiza sua tese de doutorado sobre as candidaturas evangélicas, o aumento reflete a ampliação do protestantismo no Brasil, em especial das igrejas neopentecostais. Em 1970, os católicos representavam 91,8% da população, e os evangélicos, 5,2%; já em 2010, os católicos não passavam de 64,40%, com os evangélicos representando 22% das pessoas. Hoje, estima-se que o número se aproxime de 25%, ou seja, um quarto da população. "Considerando isso, a população evangélica ainda é sub-representada na Câmara, apesar do crescimento", diz Lacerda, que afirma que o número de candidatos evangélicos tem se mantido estável nas últimas eleições, embora tenha tido mais sucesso ao eleger seus candidatos, que se espalham por diversos partidos.
Também à direita, mas com pautas bem diferentes da dos evangélicos, surgem os liberais, ou libertarianistas. Enquanto os primeiros defendem uma maior presença do Estado na economia e mais conservadorismo no que diz respeito aos costumes, os liberais advogam por menos intervenção estatal na economia e mais respeito à liberdade individual. Um dos grupos que saiu às ruas em 2013 com essa pauta foi o Movimento Brasil Livre (MBL), o nome foi criado pelos jovens da organização Estudantes Pela Liberdade (EPL) para participar das manifestações. O EPL é o braço brasileiro de uma organização americana, o Students for Liberty, que recebe financiamento de entidades internacionais para divulgar as causas do liberalismo.
"É um grupo que tem apelo nas redes e também nas universidades, porque eles trazem uma defesa da liberdade individual que tem bastante ressonância", diz Luciana Tatagiba. Os libertarianistas não se articulam em nenhum partido específico, embora apareçam em alguns, como o Novo, fundado em 2011, e no Livres, um segmento do PSL que busca a renovação da legenda por meio dos ideais libertarianistas. Mas alguns candidatos sairão por velhas siglas já conhecidas, como DEM, PMDB e PSDB. É o caso de Fernando Holiday, do MBL, que ficou conhecido por sua participação nos protestos de 2013 e se candidata pelo DEM.
Segundo Luciana, assim como a esquerda, que é fragmentada, não existe uma nova direita única, coordenada internacionalmente, mas sim várias direitas. "A grande novidade é que [essas direitas] resolveram disputar política à luz do dia, nas ruas", diz Luciana. "Não buscam mais apenas vencer, mas convencer".

LEIA MAIS

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

TV Assembleia faz cobertura especial das Eleições 2016

TESTE
Crédito da Foto: Eduardo Maia
A equipe de jornalismo da TV Assembleia vai transmitir ao vivo, neste domingo (2), a cobertura completa das Eleições 2016. A partir das 9h, repórteres farão entradas durante a programação com as informações dos principais colégios eleitorais do Estado, entrevistas, matérias especiais e o voto dos candidatos a prefeito de Natal. Às 18h, a TV legislativa acompanhará a apuração dos votos na capital e no interior do Rio Grande do Norte.
“A equipe de jornalismo da TV estará cumprindo mais uma vez a missão de levar informações de qualidade com a cobertura reforçada neste domingo. Durante toda a programação, o eleitor será atualizado sobre a votação e apuração dos votos. O objetivo é contribuir para este dia tão importante, de exercício da democracia”, afirma o diretor da emissora, Bruno Giovanni.
A TV Assembleia pode ser assistida através da Cabo, no canal 9 (analógico) e 109 (digital). Na NET, no canal, 16 e em rede aberta, nos canais 50 (analógico) e 51.3 (digital). Na internet, é possível acompanhar a TV Assembleia ao vivo, no portal do Poder Legislativo www.al.rn.gov.br.
Crédito da Foto: Eduardo Maia

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Baixaria em Serra Caiada: opositores da candidata do PSD agrediram com palavrões na frente de crianças.

Socorro dos Anjos desabafa sobre ataques que sofre no palanque da oposição

O final da passeata das crianças de Serra Caiada, promovida pela prefeita Socorro dos Anjos (PSD), candidata à reeleição, foi marcado pelo desabafo da mesma com relação aos ataques que sofreu no palanque de oposição nos últimos dias. Socorro não citou as palavras exatas em respeito às crianças no evento, mas se referiu a palavras de baixo calão como exemplo da difamação que está sofrendo na campanha eleitoral.

"O que estão fazendo comigo no palanque do lado de lá é baixaria. Usando palavras de baixo calão que em respeito às nossas crianças eu não vou citar aqui. Estão me difamando e caluniando. Eu, uma pessoa que sempre trabalhei por Serra Caiada. Agora, eu quero que a candidata do lado de lá, que foi primeira-dama como eu também fui, me mostre um serviço dela prestado em Serra Caiada. Tem não, sabe o porquê? Porque tiveram quatro anos e não fizeram nada, não trabalharam com amor por Serra Caiada", desabafou Socorro.

E para provocar mais ainda a ira dos adversários, Socorro confirmou que os bacuraus irão abrir as asas no dia 02 de outubro. "Eles vão abrir as asas, mas para voar para bem longe, porque Serra Caiada vai continuar no rumo certo e com quem trabalha por amor por essa cidade", afirmou.

Socorro realizou um dos últimos movimentos da sua campanha eleitoral, que será encerrada no dia 29 de setembro, com previsão para ser uma das maiores movimentações da história política de Serra Caiada.
Fonte: assessoria de comunicação.

Exibindo passeata das crianças de Socorro (17).JPG

Exibindo passeata das crianças de Socorro (2).JPG






quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Bote Fé Natal anuncia atrações e inicia venda de camisetas

O ministério de música "Missionário Shalom" é uma das atrações confirmadas para a segunda edição do Bote Fé Natal, que será realizado dia 22 de outubro próximo. O ministério "Missionário Shalom" foi uma das 30 atrações que participaram da primeira edição do evento, em 2012, e, neste novo formato, puxará o trio elétrico do Bote Fé.
O primeiro lote de camisas será promocional, ao valor de R$ 20,00, e estará à venda a partir do meio dia desta sexta-feira (16), até o meio dia do sábado (17), através do site: www.even.tc/bote-fe.
Para esta segunda edição do Bote Fé Natal será explorado o tema "Na Trilha da Paz", que pretende dar continuidade à "Campanha da Paz", realizada, em agosto passado, pela Arquidiocese de Natal.
 O evento, que em sua primeira edição reuniu cerca de 30 mil fiéis, também contará com a participação da banda católica potiguar, Sintonia do Bem, que fará a abertura.⁠⁠⁠⁠

Mais informações:
. Edvanilson Lima – equipe de comunicação do Bote Fé – (84) 3615-2800 / 99118-0782
. Cacilda Medeiros – assessoria de comunicação da Arquidiocese de Natal – (84) 3615-2800 / 99968-6507
. Luiza Gualberto – assessoria de comunicação da Arquidiocese de Natal – (84) 3615-2800 / 99936-3663

terça-feira, 13 de setembro de 2016

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Fenômeno na campanha de Jucurutu repercute nas redes sociais da região

Foto e vídeos reproduzidos de páginas do facebook
O distrito de Boi Selado recebeu na noite desse domingo (11/09) o candidato a prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, o vice José Pedro e candidatos a vereadores pelo PROS. Desde o primeiro encontro do candidato em Barra de Santana, iniciando a campanha na comunidade onde ele nasceu, que a população mais humilde do município vem acompanhado os passos do candidato e aumentando, cada vez mais, os passos da multidão.
     
Ontem em Boi Selado, no seu jeito simples de conversar com os moradores, Valdir  pediu licença aos candidatos presentes e desceu para falar no meio do povo. "Eu quero descer para junto de vocês, porque não quero que vocês me olhem de cima para baixo, nem que eu os veja dessa forma, eu quero olhar nos olhos de vocês".
Abaixo, vídeo em Boi Selado reproduzido das redes sociais:
Cavalo selado
Diz o ditado popular: “Se o cavalo selado passar perto de você, suba, porque pode ser que ele passe somente uma única vez”. Mas em Boi Selado, segundo se confirmou, o cavalo nem precisava estar selado, o povo quer mudanças, assim como em outras comunidades rurais e da cidade, e vai com o pé no chão, firme e forte para conquistar a vitória! Valdir Prefeito 90.    
Golias
Nas redes sociais repercute o fato de o candidato Valdir ser um simples funcionário da Saúde, motorista da ambulância do município, e o vice Zé Pedro um gari público. O adversário, o atual prefeito George Queiroz, tradicionalmente vencedores por décadas no poder. Um fenômeno que, certamente, entra para a história de Jucurutu. Um Davi enfrentando um Golias, conforme o antigo testamento bíblico.
Confira vídeos que são postados nas redes sociais sobre o fenômeno das eleições de 2016 em Jucurutu:

domingo, 11 de setembro de 2016

11/09/2016 10h30 - Atualizado em 11/09/2016 10h30

TJRN nega liberdade a advogada presa na operação Medellín

Ana Paula da Silva Nelson foi presa na terça-feira (6) na operação Medellín.
Habeas corpus foi negado pelo juiz de plantão Ricardo Tinco Góes.

Do G1 RN


O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte negou neste sábado (10) o pedido de soltura feito pela Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN) em favor de Ana Paula da Silva Nelson. O habeas corpus foi negado pelo juiz de plantão Ricardo Tinoco de Góes. Ana Paula foi presa na terça-feira (6) quando foi deflagrada a Operação Medellín.
O pedido de soltura foi feito na quinta-feira (8). Na oportunidade, o presidente da OAB no estado, Paulo Coutinho, afirmou que a entidade considerou que não existem motivos para Ana Paula da Silva Nelson e Allan Clayton - outro advogado detido na operação - estarem presos. Na sexta-feira (9) a Justiça já havia negado o pedido de soltura de  Allan Clayton Pereira de Almeida.
"Todas as provas já foram produzidas, os advogados já prestaram depoimento, então a prisão dos advogados não é necessária. Os dois tem estabelecimentos comerciais em Natal, endereço certo, atuação profissional a muito tempo na capital. Para a apuração do caso, não nos parece necessário que os advogados estejam presos", explicou Coutinho.
Operação  Medellín
O Ministério Público e a Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagraram a operação denominada ‘Medellín’ na última terça-feira (6) com o objetivo de desarticular uma quadrilha de tráfico de drogas, também responsável por crimes de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores.
Foram expedidos 14 mandados de prisão, 12 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada) e 26 de busca e apreensão. Entre os detidos estão dois advogados e três pessoas que já estão presas por outros crimes. A quadrilha é suspeita de ter lavado cerca de R$ 20 milhões com a compra de imóveis e carros de luxo. Participam da operação 21 delegados, 110 agentes e escrivães e mais quatro promotores de Justiça.
Armas e máscaras estavam em poder de integrantes da quadrilha presa no RN (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Armas e máscaras estavam em poder de integrantes da quadrilha presa no RN (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A história por trás da impressionante foto da NASA após os ataques de 11 de setembro

  • Há 6 horas
Image copyright NASA
Image caption Foto feita por Frank Culbertson pouco depois dos ataques às Torres Gêmeas. 
 
Foto da Terra 
"As lágrimas não fluem da mesma maneira no espaço". Essa foi uma das conclusões comoventes do astronauta americano Frank Culbertson após enviar à Agência Espacial Norte Americana (NASA) a fotografia feita pouco depois dos ataques às Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001.
O capitão Culbertson era o comandante da Expedição 3 da Estação Espacial Internacional (EEI) naquele dia trágico e , apesar de não estar sozinho na espaçonave - já que dividia a tripulação com os russos Vladimir Dezhurov e Mikhail Turin -, era único americano no espaço.
Na imagem feita por ele é possível ver duas enormes colunas de fumaça preta arrastadas pelo vento a partir do sul da ilha de Manhattan, onde um pouco antes estavam as torres de 110 andares de escritórios no World Trade Center, centro financeiro da cidade.
Nesta manhã, há 15 anos, às 08h46 da manhã, horário de Nova Iorque, o voo 11 da American Airlines, que havia sido sequestrado, se chocou contra a Torre Norte.
O avião estava a 700 km/hora, e levava 92 passageiros e nove membros da tripulação a bordo.
Às 09h03, 18 minutos mais tarde, a Torre Sul foi atingida pelo voo 175 da United Airlines na altura dos andares 77 ao 85, a uma velocidade de 540 km/hora.
Os passageiros dos dois aviões foram somente algumas das 3 mil vítimas dos ataques e posterior destruição das torres, que caíram após o fogo derreter as estruturas que as mantinham firmes.
Os eventos desse dia foram uma série de ataques coordenados cometidos pelo grupo Al Qaeda, que deixaram mais de 6 mil feridos.

A tragédia vista do espaço

A EEI é um centro de investigação espacial que orbita a Terra desde 1998 e é administrado pelo programa de cooperação entre cinco agências espaciais, entre as quais estão a NASA e a Agência Espacial Federal Russa.
Image copyright NASA
Image caption Frank Culbertson era o único astronauta americano no espaço em 11 de septiembre de 2001. 
Frank Culbertson 
Em 2001, a EEI não tinha televisão ao vivo ou internet, mas ao receber a notícia através de uma conferência por rádio com a equipe médica da NASA na Terra, Culbertson conseguiu ver no mapa que estavam passando pelo Canadá e quem em breve sobrevoariam Nova Iorque.
"Percorri toda a EEI e encontrei uma janela que me dava uma vista de Nova Iorque e peguei a câmera mais próxima", disse Culbertson em uma carta enviada à NASA no dia seguinte aos ataques.
"Estávamos olhando para a cidade no exato momento, ou logo depois do colapso da segunda torre. Que horrível", escreveu o astronauta sobre o momento em que tirou a foto.
"É horrível ver fumaça saindo de uma das feridas do próprio país com essa vista privilegiada. A dicotomia de estar em uma nave espacial dedicada a melhorar a vida na Terra e ver a vida ser destruída com atos intencionados, estes atos terríveis mexem com o nosso psique, não importa quem seja", afirmou Culbertson ao ver um vídeo com imagens da fumaça saindo do World Trade Center.
"Além do impacto emocional do nosso país, dos milhares dos nossos cidadãos sendo atacados e talvez alguns amigos mortos, estar onde estou é a sensação mais esmagadora de isolamento", escreveu o astronauta que já viajou ao espaço três vezes e passou 129 dias a bordo da EEI.
"O mundo mudou hoje. Tudo o que se diga ou faça é pequeno comparado ao significado do que aconteceu com nosso país ao ser atacado".

Os astronautas e os desastres na Terra

Image copyright NASA
  Esta foto foi feita da Estação Espacial Internacional em agosto de 2014 e mostra Manhattan como está atualmente

Foto da EEIA Estação Espacial Internacional completa 16 voltas por dia à Terra. É uma plataforma de observação remota que coleta informações sobre a superfície do planeta, sobre os oceanos e a atmosfera.
Parte das funções dos astronautas a bordo da nave - que sempre variam entre três e seis e são substituídos cada semestre - é ajudar a monitorar os eventos na Terra.
"NA EEI recebemos relatórios da Terra e somos parte de um grupo internacional de monitoramento de desastres, o que nos obriga a fazer fotografias dos eventos na Terra", explicou o astronauta Kjell Lindgreen à BBC Mundo.
"Fazemos fotos para ajudar a quem está trabalhando durante os desastres na Terra", disse ele, que já participou de expedições na EEI entre junho e dezembro de 2015.
"É muito comovente quando alguém vê tragédias do espaço, pensar nos bombeiros que perdem a vida tentando combatê-los quando se está tão longe. A pessoa acaba desenvolvendo uma relação pessoal com esses eventos porque se sente parte deles. E é de certa forma gratificante poder ajudar", afirma.
Depois dos ataques de 11 de setembro, também foram ativados Programas Científicos de Monitoramento do Ar na NASA com sensores de detecção de agentes contaminantes no ar.
Image copyright NASA 
  Esta imagem foi feitta pelo satélite Landsat 7 no dia 12 de setembro de 2001, dia seguinte aos ataques

Imagem de Nova Iorque do satélite Landsat 7Ataque ao Pentágono

Além dos aviões que se chocaram contra as Torres Gêmeas, outros dois aviões foram sequestrados em 11 de setembro de 2001.
O voo 93 da United Airlines se chocou em um campo no estado da Pensilvânia quando os passageiros tentaram retomar o controle da aeronave. Os 37 passageiros e os sete membros da tripulação morreram.
Um quarto avião se chocou contra um dos maiores edifícios de escritórios do mundo: o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA.
Às 09h37, o voo 77 da American Airlines se chocou a 530 km/horas contra o Pentágono, matando os 64 passageiros e tripulantes, assim como 125 civis e militares que estavam trabalhando no prédio, nos arredores de Washington.
"Havia uma fumaça sobre Washington, mas não dava para identificar uma fonte específica", escreveu Culbsertson na primeira carta, escrita justamente em 11 de setembro.
No dia seguinte, recebeu uma notícia devastadora.
"Soube que o capitão do voo da American Airlines que se chocou contra o Pentágono era (Charles) Chic Burlingame, um companheiro de escola. Eu o conheci durante um verão e tivemos um monte de aulas juntos", escreveu o astronauta.
"Tenho certeza que Chic lutou valentemente até o final. E as lágrimas não fluem da mesma forma no espaço", concluiu.

Estado paga aos promovidos da PM e bombeiros militares.

Os militares estaduais que foram promovidos em abril terão suas promoções pagas na folha salarial do mês de setembro. O pagamento já está autorizado e incluso na folha. A informação foi dada pelo secretário de Administração e Recursos Humanos, Cristiano Feitosa, em reunião com a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), junto as demais associações do estado.
As promoções referentes ao mês de agosto também estão garantidas. A informação é do Comandante Geral da Polícia Militar, Dancleiton Pereira. Segundo ele, os processos deverão ser publicados no Boletim Geral até, no máximo, esta próxima terça-feira (13).

“Essas garantias estão sendo dadas pelos gestores, mas cabe a nós, das associações, acompanharmos o cumprimento do acordado”, reforça a Subtenente Márcia, presidente em exercício da ASSPMBMRN. Ela também informa que haverá novos encontros para negociação de outras demandas dos militares estaduais, como por exemplo, os níveis remuneratórios referentes ao período de 2012 a 2014. [por assessoria de imprensa]


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 9/10/2016 05:40:00 PM

Vendendo em francês na feira de Caicó.

Por Ciduca Barros*
Nada marca tanto a nossa vida quanto o nosso passado estudantil. Os anos que passamos nos bancos escolares, além de ficarem indelevelmente em nossas lembranças, ainda nos fazem relembrar dos tipos pitorescos que foram nossos colegas de escola.
Não conheço ninguém que não tenha uma (ou mais) história jocosa do seu tempo de estudante.
Dos muitos causos que guardei, do nosso querido Ginásio Diocesano Seridoense (GDS), de Caicó (RN), eis aqui um deles.
No ano de 1955, oriunda do Curso de Admissão, nossa turma foi cursar a primeira série do Curso Ginasial, quando fomos apresentados à Língua Francesa.
O nome de batismo dele era Manoel, que, nas primeiras aulas, se encantou perdidamente por aquela bela língua falada na distante Europa.
Como muitos de nós, ele era uma pessoa de família humilde e seu pai tinha uma banca de frutas na feira livre de Caicó, onde, aos sábados, ele o ajudava nas suas lides.
E foi naquela banca de feira onde tudo aconteceu. Conta a lenda que, já no primeiro sábado de março de 1955 (dia da feira livre de Caicó), após uma semana de aulas de Francês, o nosso colega já quis demonstrar para a clientela do seu pai que ele já começava a dominar aquele idioma românico.
E num pregão que ele, normalmente, anunciava na nossa língua pátria (e em seridoês), estava sendo gritado assim:
Les banês, quem vai querrê, quinhentôs rês! (¹)
Daí, então, até a sua prematura morte, o seu apelido passou a ser “Manoel Le Banê”.
(¹) Tradução: Bananas, quem vai querer, quinhentos réis.
*Escritor, funcionário aposentado do Banco do Brasil / com post na página Bar de Ferreirinha.


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 9/11/2016 10:01:00 AM

sábado, 10 de setembro de 2016

Robô realiza a primeira cirurgia intraocular para restaurar visão

  • 9 setembro 2016
  O aparelho introduz uma agulha no olho, operada por um joystick
Operação em OxfordCirurgiões usaram pela primeira vez um robô em uma operação dentro de um globo ocular, para recuperar a visão de um paciente.
Os médicos do Hospital John Radcliffe, em Oxford, na Inglaterra, esperam que o procedimento abra caminho para cirurgias oculares mais complexas do que atualmente é possível com as mãos humanas.
Cirurgias com robôs são frequentes, mas não haviam sido usadas em operações dentro do olho.
"Operar na região da parte de trás dos olhos requer muita precisão, e o desafio foi criar um sistema robótico que fizesse isso através de um orifício minúsculo na parede ocular sem causar danos enquanto se move", disse o professor Robert MacLaren, da Universidade de Oxford, que liderou a pesquisa.
A BBC teve acesso exclusivo ao procedimento.
O paciente, Bill Beaver, de 70 anos, disse que se sentiu em "um conto de fadas".
"Tenho tanta sorte de ser o primeiro a passar por isso", afirmou.

O robô

Image copyright BART VAN OVERBEEKE FOTOGRAFIE
 
Robô Preceyes
  O robô é controlado por um joystick
O robô cirúrgico Preceyes foi desenvolvido por uma empresa holandesa, braço da Universidade de Tecnologia Eindhoven.
O cirurgião usa um joystick e uma tela sensível para guiar uma agulha dentro do olho, enquanto monitora o progresso através de um microscópio.
O robô, que funciona como uma mão mecânica, tem sete motores e é capaz de eliminar os tremores comuns da mão de um cirurgião humano.
Grandes movimentos no joystick resultam em pequenos movimentos no robô, e quando o cirurgião solta o aparelho, o movimento é congelado.

O paciente

 
O paciente Bill Beaver disse que a cirurgia parecia 'um conto de fadas'
 Bill Beaver
 O paciente Bill Beaver disse que a cirurgia parecia 'um conto de fadas'

Bill Beaver era pároco oficial de uma comunidade na Inglaterra até ano passado. Em julho, um oftalmologista identificou uma membrana crescendo na parte de trás do seu olho direito. A pressão criou um furo na sua retina, algo que começou a prejudicar sua visão central.
"Quando seguro um livro, tudo o que vejo é um amontoado no centro, e minha visão naquele olho é restrita à parte mais periférica", disse ele antes da cirurgia, realizada no fim de agosto.
"Normalmente quando fazemos essa operação de forma manual, nós tocamos a retina e sempre há hemorragia. Mas, com o uso do robô a membrana foi retirada de forma limpa", disse MacLaren.
Como resultado, a visão central de Beaver foi restaurada.
Por conta de ma bolha de gás nos olhos, ele enxerga melhor de perto, mas a visão a uma distância normal vai voltar em alguns meses.
"A degeneração da minha visão foi assustadora e eu fiquei com medo de perdê-la completamente. O fato de a cirurgia ter acontecido sem percalços é realmente algo divino", disse Beaver.
Doze outros pacientes irão passar por procedimentos com o mesmo robô, em um teste financiado pelo Centro de Pesquisas Biomédicas NIHR Oxford.
Outra parte do financiamento vem da Zizoz, uma ONG holandesa que apoia de pacientes que sofrem de coroidermia - uma espécie de cegueira genética que deve ser o próximo alvo de tratamento com o robô.

Outro nível

Os testes são desenvolvidos como uma espécie de prova de conceito, ou seja, para estabelecer se o robô consegue fazer o que um cirurgião faz, porém com mais precisão.
Mas o objetivo principal é levar a cirurgia robótica a outro nível.
"Não há dúvidas de que presenciamos uma cirurgia ocular do futuro. Certamente podemos melhorar as operações atuais, mas esperamos que o robô nos permita realizar cirurgias ainda mais complexas, que são impossíveis com as mãos humanas", disse MacLaren.
Oxford é apenas um dos centros ao redor do mundo que estão testando a terapia genética na retina - um novo tratamento para evitar a cegueira.
Atualmente esse procedimento é feito à mão, mas intervenções futuras envolvendo injeções de células-tronco requerem que as células sejam infiltradas nos olhos lentamente. O robô pode permitir que os cirurgiões injetem as células na retina por um período de dez minutos, algo que não seria possível com as mãos.
A empresa holandesa responsável pelo desenvolvimento do robô acredita que a tecnologia poderá ser usada fora das salas de cirurgia.
"No futuro, vemos esse aparelho sendo usado como em um escritório, onde somente o robô encoste no olho e tudo seja automatizado, o que melhoraria a eficiência e reduziria os custos", disse Maarten Beelen, da Preceyes.
O sistema robótico é um protótipo e a empresa ainda não revelou quanto ele custará.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Contrato de ensino-saúde é assinado entre governo, universidades e 42 municípios potiguares


Sirleide Pereira – ASCOM – Reitoria/UFRN

Fotos: Cícero Oliveira

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte e representantes das instituições de ensino superior Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Potiguar (UnP) assinaram na manhã desta sexta-feira, 9, em Caicó, o Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde (COAPES) com prefeituras de 42 municípios potiguares.

O COAPES assegura ações de ensino, pesquisa, extensão e assistência à saúde básica, e vai beneficiar estudantes da área de saúde das regiões Seridó e Trairi, viabilizado por meio da Secretaria Estadual de Saúde do RN (SESAP) e secretarias municipais de saúde da IV e IV Unidades Regionais de Saúde Pública (URSAP).
Na ocasião, tanto o representante do governador e também secretário estadual de Saúde, George Antunes de Oliveira, como a reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, garantiram as condições de funcionamento das unidades necessárias às ações previstas nos contratos.

Ao falar sobre o momento, George Antunes ressaltou o compromisso das três instituições de ensino superior com o Sistema Único de Saúde (SUS). "Isto faz a  diferença para um estado tão pobre como o RN, sobretudo porque esta política que assumimos está despida de cor e preferência partidária".

“Esta ação tem uma imensa relevância social”, disse a reitora Angela Paiva para a plateia do auditório do Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES), composta de prefeitos, gestores, discentes e docentes da área da saúde. "Os hospitais de ensino têm a responsabilidade de uma assistência à saúde voltada às comunidades  em seu entorno, ao tempo em que se tornam espaço para a formação médica", completou.

O termo de Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde tem por objetivo viabilizar a reordenação da oferta de cursos de graduação na área da saúde e de vagas de Residências em saúde nos municípios de adesão a este contrato, com garantia de estrutura de serviços de saúde em condições de oferecer campo de prática, mediante a integração ensino-serviço nas Redes de Atenção à Saúde.
Exibindo COAPES FACISA EMCM_09Set16_Cicero Oliveira BR08.jpg

quinta-feira, 8 de setembro de 2016


Acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (7) na Zona Leste da cidade.
Motociclista pulou após a batida e não se machucou.

 

 

08/09/2016 09h06 - Atualizado em 08/09/2016 09h17

Professora é presa após bater carro e arrastar moto por 2km em Natal; veja

Anderson BarbosaDo G1 RN
Uma professora de 35 anos se envolveu em um acidente atípico na noite desta quarta-feira (7) na Zona Leste de Natal. Após colidir o carro em que estava em uma motocicleta, ela continuou dirigindo e a arrastou por quase dois quilômetros. O condutor da moto, que saltou do veículo no momento da batida, sofreu apenas arranhões.
A mulher foi autuada por embriaguez ao volante, resistência à prisão e desacato. Está presa, e aguarda uma audiência de custódia para saber se continua detida ou se espera o desenrolar do processo em liberdade.
O vídeo acima foi gravado pelo celular de um homem que acompanhou a motorista enquanto ela arrastava a moto pela Av. Hermes da Fonseca, uma das mais movimentadas da cidade. A filmagem mostra parte do trajeto que a mulher percorreu até parar o carro em um posto de combustíveis. No caminho, ela ainda cruza um sinal vermelho e roda um bom tempo sobre uma faixa exclusiva para ônibus. A gravação, que tem mais de 2 minutos, já começa com o carro em movimento.
O caso foi parar na delegacia. Segundo o policial civil Fávio Soares, da Delegacia de Plantão da Zona Sul, há relatos de que a batida aconteceu na Av. Alexandrino de Alencar, nas proximidades do antigo Hotel Tirol, de onde a professora seguiu com a moto enganchada na frente do carro. Do ponto da colisão até o posto, que fica na Av. Hermes da Fonseca, são quase dois quilômetros de distância.
A mulher se recusou a fazer o teste de bafômetro, mas foi autuada por apresentar sinais claros de embriaguez. Além disso, também foi autuada por resistência à prisão e desacato. O policial disse que parentes da professora foram à delegacia e relataram que ela tem problemas psiquiátricos, depressão e toma remédio controlado.
Após a colisão, professora continuou dirigindo e arrastou a moto por quase dois quilômetros (Foto: PM/Divulgação)Após a colisão, professora continuou dirigindo e arrastou a moto por quase dois quilômetros (Foto: PM/Divulgação)

Ex-deputado Cipriano Correia é o entrevistado desta sexta do "Conversa no Memorial" da TV Assembleia

O programa Conversa no Memorial, da TV Assembleia do RN, recebe nesta sexta-feira (9), às 14h, o ex-deputado estadual e médico Cipriano Correia. O programa é apresentado pelo jornalista Aluísio Lacerda, que convidou o jornalista e escritor Luiz Gonzaga Cortez para participar da Conversa no Memorial.
Embora esteja afastado da política partidária, Dr. Cipriano certamente terá novidades para uma boa conversa na casa onde foi deputado. Aliás, sua volta ao cenário político pode ser uma das vertentes da entrevista, como também a situação da saúde pública, com ênfase para o setor hospitalar.
O Conversa no Memorial é reapresentado no sábado, no mesmo horário das 14h, na TV Assembleia, em canal UHF, tevê a cabo e por assinatura.
©2016 www.AssessoRN.com | Jornalista Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN 


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 9/07/2016 03:28:00 PM


AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo <no-reply@blogger.com>

15:28 (Há 20 horas)



Flagrante da gravação do programa