quinta-feira, 30 de junho de 2016

Plutão já foi Planeta faz encontro com fãs no Natal Shopping nesta terça-feira (05)
Foto por assessoria/divulgação
Após conquistar o segundo lugar no programa Superstar da Rede Globo e encantar o país com sua música, a banda potiguar Plutão já foi Planeta faz sua primeira aparição em Natal nesta terça-feira (5), no Natal Shopping. O encontro com os fãs será na Praça de Eventos, a partir das 19h30, quando o quinteto formado por Natália Noronha, Gustavo Arruda, Sapulha Campos, Khalil Oliveira e Vitória de Santi estará à disposição do público para fazer fotos, distribuir autógrafos, conversar, e claro, apresentar algumas de suas músicas.
Plutão Já Foi Planeta é uma banda de Indie Pop/Rock criada em setembro de 2013. Suas influências passeiam entre Os Mutantes, Los Hermanos, John Frusciante e Little Joy, além de grupos do Indie Pop britânico, como Bombay Bicycle Club e Little Comets. Uma das marcas do grupo é a instrumentação diversificada, com a utilização de ukulele, escaleta e sintetizador, sem deixar de lado a formação base com guitarras, baixo e bateria.
Em 2014, Plutão Já Foi Planeta lançou seu disco de estreia, intitulado “Daqui pra Lá”, e no mesmo ano foi consagrada a Revelação Musical do RN no Prêmio Hangar de Música. Sucesso de público e crítica no Rio Grande do Norte, marcou presença na maioria dos palcos de Natal, além de já ter se apresentado em outros estados do Nordeste e algumas cidades de São Paulo. Atualmente, a banda prepara a gravação do segundo álbum e, após o Superstar, aguarda boas surpresas para o futuro. [por assessoria de imprensa] - Assessorn.com

QUINTA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 2016

VM


O SONHO NÃO ENVELHECE

Valério Mesquita*

Os fatos da mídia noticiosa brasileira mais divulgados na atualidade são: corrupção política, homicídio, tráfico de drogas, estupros, assaltos e delações premiadas. O Brasil vive o seu maior momento de azar. Até a falência do seu futebol é pública e notória. A sociedade está pedindo uma marreta para acabar com tudo isso. Lembrei-me da velha canção do inicio do rock: “Dá-me um martelo”. A Polícia Federal e o Ministério Público estão cumprindo com êxito as suas incumbências. Se as demais instituições públicas e privadas envolvidas não se regenerarem, só Deus o fará como disse Paulo em II Crônicas, 7, 14: “E se o meu povo, que chama pelo meu nome, se humilhar e orar e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus e perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.
Quais lideranças políticas aqui no Brasil devem ser vistas como justas, honestas e confiáveis? Que partidos políticos merecem o voto do povo? O Brasil tornou-se um país de metástases. Todos são farinha do mesmo saco. Falta dinheiro para pagar o funcionalismo. A máquina estatal é pesada e fantasmagórica. Existem gestores públicos nascidos e concebidos na mentira. Falseiam os dados, malversam os números e mascaram os resultados. Os poderes constituídos mais parecem uma família amplificada, sob a égide da operação: não me toques!”. A botija não pode ser quebrada! Dentro desse prisma sofrem os bons, os puros e os corretos. Lá em Provérbios 16.4 está escrito que “O Senhor faz todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios e até ao ímpio para o dia do mal”. O vaidoso e o mentiroso um dia sairão do fausto e serão julgados pela iniquidade, pela vaidade e a incúria administrativa. Como tem panacas e sabichões gerindo a coisa pública neste país!!
Sobre a crise moral e generalizada que abate o país muitos articulistas analisam, criticam e enxergam de muitas maneiras. Ninguém, todavia, pode deixar de reconhecer que a legislação brasileira é falha e caduca com relação a menoridade penal e ao precário sistema penitenciário. Jamais o enxugamento das despesas com as duas casas do congresso, as assembleias legislativas e as câmaras municipais irá acontecer honestamente. A democracia pode ser mais eficiente com um custo menos dispendioso. O sistema político que aparentemente caiu (PT), à pretexto de fortalecer movimentos sindicais, trabalhistas, direitos humanos, MST, para, também, se autopromover politicamente - institucionalizou a desordem nas ruas, nas rodovias e no campo. A paralisação da economia, da mobilidade urbana e a depredação de prédios e serviços públicos são práticas intoleráveis. A essa perturbação da “ordem e do progresso” equivocadamente denominaram de “direitos humanos”. Nada a ver!
Daí acreditar que o sonho não envelhece. E nem envilece. Se não punir adequadamente o delinquente e o propinaduto que apodrece o instituto da licitação, o gestor público vai comprar de novo o caráter dos fracos em véspera de eleição. Sem dúvidas, continuaremos a sofrer o suplicio pior do que o zika, a microcefalia e a chikungunya.
Concluída a operação “lava jato” se o Brasil não mudar, extirpando os “hábitos e costumes políticos”, as leis viciadas dos nossos códigos, pouco valerão a investigação hercúlea e inédita da força tarefa (PF e MP) e o apoio da mídia nacional (TV, rádio e jornal), como verdadeira revolução branca, legal, democrática e moralizadora. Nas eleições deste ano e de 2018, caberá ao povo fazer a sua parte: escolher bem e livremente. Se assim não for, o eleitor vai junto com o candidato para o boletim de ocorrência.


(*) Escritor

sábado, 25 de junho de 2016

25/06/2016 09h46 - Atualizado em 25/06/2016 09h46

PF prende servidora envolvida com quadrilha de estouros a caixas no RN

Prisão aconteceu nesta sexta-feira (24) em Ceará-Mirim, na Grande Natal.
Ela é mulher de um suspeito de integrar uma quadrilha presa em junho.

Do G1 RN
Presa, mulher foi levada para exames de corpo de delito e depois para a sede da Polícia Federal, em Natal (Foto: Divulgação/PF)Presa, mulher foi levada para exames de corpo de delito e depois para a sede da Polícia Federal, em Natal (Foto: Divulgação/PF)
A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (24) em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal, uma funcionária pública municipal de 35 anos suspeita de envolvimento com uma quadrilha especializada em roubos a agências dos Correios e explosões de caixas eletrônicos. A mulher foi presa preventivamente em cumprimento a um mandado expedido pela 15ª Vara Federal.
Segundo a PF, a prisão é resultado das investigações da chamada ‘Operação Trangola’, que no dia 7 de junho prendeu, emParnamirim, também na região Metropolitana da capital potiguar, uma quadrilha suspeita de assaltos a agências dos Correios e explosões de caixas eletrônicos pelo estado.
A mulher, ainda de acordo com a Polícia Federal, é companheira de um dos homens presos junto com o bando. “A sua prisão dela foi requerida à Justiça porque os policiais descobriram que ela teria registrado em seu nome, a mando do marido, um sítio na cidade de João Câmara (RN) de valor infinitamente superior às posses do casal, tudo levando a crer que tal propriedade tenha sido adquirida com dinheiro supostamente obtido nos vários assaltos realizados pela quadrilha desbaratada”, ressaltou a PF.
A Polícia Federal também informou que a suspeita nega saber onde o marido, que exerce a profissão de soldador, conseguiu recursos para adquirir o sítio. Após prestar depoimento, ela foi levada para o Instituto Técnico de Perícia (Itep) para exame de corpo de delito e depois regressou para a superintendência da PF, em Natal, onde permanece custodiada à disposição da Justiça.
Sesed e UFRN discutem melhorias para políticas públicas de segurança no RN

Fotos: sesed.imprensa/divulgação
A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) recebeu na manhã desta sexta-feira (24) a visita de pesquisadores do Núcleo Avançado de Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (URFN) que integram o Observatório das Metrópoles, um programa plurinstitucional e pluridisciplinar que procura aliar suas atividades de pesquisa e ensino com a missão social de realizar e promover atividades que possam influenciar as decisões dos atores que atuam no campo da política pública, tanto na esfera do governo, como da sociedade civil.

Durante a visita foi realizada uma análise do projeto das Área Integradas de Segurança Pública (AISPs), implantado pelo Governo do Estado em Natal, Parnamirim e Mossoró, visando permitir a convergência dos trabalhos das forças policiais na prevenção e investigação dos casos de violência e oferecer à Sesed um diagnóstico específico de cada área para as intervenções necessárias à melhoria da qualidade de vida da população.


“Nossa reunião serviu para conhecer o andamento do processo de implantação das Áreas Integradas de Segurança Pública, uma vez que o Observatório das Metrópoles também teve uma importante participação na elaboração deste projeto. Viemos para dialogar e analisar o andamento, por termos sido demandados algumas adequações na estruturação das áreas. É muito prazeroso e virtuoso ver que o Governo do Estado está efetivando e avançando nestas políticas públicas levando em consideração os estudos científicos desenvolvidos pela UFRN”, disse a coordenadora regional, Dra. Maria do Livramento Miranda Clementino.

O secretário da Sesed, Ronaldo Lundgren, demonstrou interesse pelo aprofundamento das pesquisas para outras áreas que também impactam na segurança pública, como aquelas que envolvem as causas da violência. “Atualmente, nossos trabalhos estão muito focados em buscar uma resposta rápida para combater os efeitos da criminalidade. Estamos com recordes de prisões e apreensões de armas e drogas, mas a violência continua presente no nosso dia à dia. É preciso avançar os estudos para as causas desta violência, com a implantação de políticas públicas transversais, com efetivas respostas as causas sociais. É momento de todos os órgãos se enjangarem nesta proposta, sejas eles municipal, estadual ou federal”, disse o secretário Ronaldo Lundgren.

Para subsidiar novos estudos do Observatório das Metrópoles da UFRN, o secretário da Sesed, Ronaldo Lundgren repassou às mãos da coordenadora regional, Dra. Maria do Livramento Miranda Clementino, um livro contendo as diretrizes detalhadas do Ronda Cidadã, com todos os dados necessários para o pleno conhecimento do programa. [Assessoria Imprensa Sesed]


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 6/24/2016 01:53:00 AM

quinta-feira, 23 de junho de 2016

23/06/2016 07h00 - Atualizado em 23/06/2016 07h12

Em Natal, servidor do Ministério da Agricultura é suspeito de corrupção

Operação 'Marlin' foi realizada pela Polícia Federal nesta quinta (23).
Oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Natal e Macaíba.

Do G1 RN
Material apreendido pelos agentes foram levados para a sede da Polícia Federal, em Natal (Foto: Divulgação/PF)Material apreendido pelos agentes foram levados para a sede da Polícia Federal, em Natal (Foto: Divulgação/PF)
Um funcionário do Ministério da Agricultura foi alvo, logo nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (23), de uma operação realizada pela Polícia Federal. Segundo a própria PF, o servidor é suspeito de práticas criminosas de corrupção e lavagem de dinheiro. A operação foi denominada de ‘Marlin’. Oito mandados judiciais de busca e apreensão em residências, propriedades rurais e empresas foram cumpridos nas cidades de Natal e Macaíba, na região Metropolitana da capital.
Ainda de acordo com a PF, a investigação foi iniciada há dois anos, após uma tentativa frustrada de se exportar pescado para a Espanha. Como a mercadoria seguiu para o destino final sem a devida emissão do certificado internacional por parte do Ministério da Agricultura, não houve a liberação alfandegária na Europa e, por este motivo, a carga retornou ao Brasil, oportunidade em que foi inspecionada pelo Ibama.
“A partir dessa inspeção, resultaram diversos autos de infração, uma vez que foi constatada a presença de pescados cuja comercialização é proibida, dentre os quais, o agulhão negro. Daí o nome da operação”, explicou a Polícia Federal. “Durante as investigações surgiram fortes indícios de que a saída ilícita do que estava sendo exportado contou com a intermediação do servidor suspeito, o qual passou a ser investigado”, acrescentou.
A PF informou também que ao longo do inquérito foram identificados repasses financeiros em favor do investigado efetuados por diversas empresas, algumas, inclusive, sob fiscalização do Ministério da Agricultura. “Além disso, surgiram evidências da incompatibilidade do patrimônio do investigado com os seus rendimentos mensais, bem como, a existência de patrimônio oculto, o que configura lavagem de capital”, complementou.
Cerca de 30 agentes da PF participaram da operação (Foto: Divulgação/PF)Cerca de 30 agentes da PF participaram da operação (Foto: Divulgação/PF)


quarta-feira, 15 de junho de 2016

Secretário de Segurança visita sede da PRF.

19:35 (Há 10 minutos)
Fotos: sesed.imprensa/divulgação
Buscando estreitar, ainda mais, a relação com a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no RN (PRF/RN), o secretário estadual da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Ronaldo Lundgren, visitou na manhã desta quarta-feira (15), a sede da unidade na Avenida Nascimento de Castro, no Bairro de Lagoa Nova, em Natal, para conhecer as instalações do órgão. Acompanhado do superintendente da PRF/RN, inspetor Marcelo Henrique Montenegro, foi possível verificar de perto o funcionamento da Central de Informações Operacionais (CIOP) e os sistemas utilizados no gerenciamento de ocorrências e despacho de viaturas utilizados pela PRF, além do serviço de teleatendimento destinado ao recebimento de solicitações do cidadão.

Na ocasião, foram também tratadas questões relacionadas à segurança pública no Estado e de ações integradas relacionadas ao combate à criminalidade, bem como da participação da PRF nessas ações, além de outros assuntos de interesse comum das instituições.
Participaram também da visita, o secretário adjunto, Caio Bezerra e o responsável pelo Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), Major Vilela.

Saiba mais


A integração da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem sido fundamental para os bons resultados das ações de combate à violência no RN, como na “Operação Brasil Integrado Proteção à vida”, nas cidades de Natal e Mossoró, com foco no combate ao tráfico de drogas e crimes violentos letais intencionais, o que resultou na prisão de dezenas de criminosos em 2015, manifestações populares, Operação Verão, Carnaval e Réveillon, clássicos esportivos, grandes eventos religiosos e, atualmente, nas diversas operações juninas que ocorrem em todo o RN. [Assessoria Imprensa Sesed]


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 6/15/2016 05:54:00 PM

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Empresário morreu na contra-mão da BR 406.

01/06/2016 17h09 - Atualizado em 01/06/2016 17h09

Motorista de veículo que colidiu com carro da PM morre em Guamaré, RN

Tilson Baltazar da Costa, 72, foi socorrido, mas morreu no hospital.
Acidente aconteceu na BR-406, em Guamaré, nesta quarta-feira (1º).

Do G1 RN
Veículos colidiram na BR-406, próximo a cidade de Guamaré, no Oeste potiguar (Foto: Josivan Dantas)Veículos colidiram na BR-406, próximo a cidade de Guamaré, no Oeste potiguar (Foto: Josivan Dantas)
O motorista do carro que bateu em um veículo da Polícia Militar na BR-406, em Guamaré, no Oeste potiguar, morreu na tarde desta quarta-feira (1º). O homem chegou a ser socorrido até o Hospital Regional de Guamaré, mas não resistiu aos ferimentos.
De acordo com informações do hospital, a vítima foi identificada como Tilson Baltazar da Costa, de 72 anos. Segundo o hospital, ele sofreu fratura no fêmur e traumatismos craniano e torácico.
Segundo a PM, o acidente aconteceu por volta das 11h desta quarta, no distrito de Baixa do Meio, em Guamaré. O condutor do carro de passeio teria entrado na pista oposta e batido de frente no carro da PM.
No momento da colisão, dois policiais militares estavam no outro carro. Eles também foram socorridos para o Hospital Regional de Guamaré e, segundo o próprio hospital, foram transferidos para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. Um dos PMs teria fraturado um dedo e tido uma luxação, enquanto o outro sofreu escoriações leves e se queixou de dores torácicas.
Segundo a PM, carro de passeio entrou na contramão e acerto a viatura (Foto: Josivan Dantas)Segundo a PM, carro de passeio entrou na contramão e acerto a viatura (Foto: Josivan Dantas)