segunda-feira, 29 de julho de 2013

CUT apoia veto de Dilma.

Acesse a Unidade Bancária do RN www.unidadebancaria.com.br e fique por dentro das informações: A pauta de reivindicações será estregue a fanaban nesta terça (30/07); Contraf-CUT cobra soluções no BNB; Itaú é o campeão de demissões, Caixa e BB recebem pauta específicas no dia 30; CUT apoia veto de Dilma que mantém multa adicional de 10%; e outros assuntos.
 
Boa leitura
 
Natal, 29 de julho de 2013
 
Unidade Bancária do RN-CUT. 

domingo, 28 de julho de 2013

 Governo do PT colide com o recado de Francisco
(*) Rinaldo Barros
Boa parte dos brasileiros está fazendo manifestações nas vias públicas, em sinal de protesto ao mau desempenho do governo petista; tendo como pano de fundo que “é possível construir um mundo melhor”.
Reclamam de um visível caos na administração pública federal, atingindo o Judiciário e o Legislativo que, desnorteados com tanto desgoverno criado pelo Executivo, vai respingando em todos os estados e municípios, e até nas empresas estatais.
A saúde, educação, segurança, transporte público e todos os demais serviços públicos, dever do governo e direito do cidadão, deteriorou tanto que boa parte do povo perdeu a paciência e engrossou as fileiras dos protestos; os quais estão apenas no começo.
Falta de dinheiro não pode ser: há em abundância para financiar Cuba, Angola, Sudão, Venezuela entre outros. E por que não há recursos para atender a sua verdadeira finalidade, os serviços públicos pelos quais os brasileiros são onerados com a maior carga tributária mundial?
Falta realismo para encarar os problemas. Os dirigentes do PT vivem num mundo de fantasia, de costas para o povo, e por isso os seus atos não resolvem os problemas e acabam piorando em vez de melhorar.
A propósito da falta de “semancol”, Dilma conseguiu o que parecia impossível: apequenar-se ainda mais do que já está na visão dos brasileiros e do mundo. Em queda livre, segundo pesquisa da CNI/IBOPE.
A diferença entre o discurso presidencial e as palavras do Papa foi chocante... Como o Papa não aceitou seu convite para uma visita como Chefe de Estado, quando Dilma poderia colar em sua figura querida e carismática, dividindo palcos e palanques e usando as imagens em sua propaganda eleitoral; a presidente usou do pouco espaço que lhe restou recepcionando-o, para fazer propaganda antecipada de seu governo, pelo que deveria ser penalizada pelo TSE. Realmente não poderia ter sido mais constrangedor.
Lamentavelmente, Dilma perdeu a chance histórica de - se tivesse percebido que existe apoio político nessa energia vinda das ruas e das redes sociais - dar novos rumos à nação, exigindo dos aliados (que ocupam os 39 ministérios e milhares de cargos) compromisso programático com as grandes prioridades da sociedade brasileira, na economia e na esfera sociocultural; inventando um novo futuro para o Brasil.
Todavia, optou pelo pragmatismo, de olho em 2014.
No outro lado da moeda, lembro quando a missa era rezada em latim - com o padre olhando para o alto e de costas para os fiéis. A impressão que tínhamos era a de que o padre falava com Deus, com aquelas palavras que ninguém entendia.
O Vaticano, que ao longo da história foi um Estado poderoso se sobrepondo a muitos reinados e ditando as leis pelo mundo, punia cruelmente as transgressões a códigos de costumes.
Começou a perder terreno e carisma, tentando conter a drenagem da fé, mas sem recuperar o espaço perdido que cada vez mais parecia irreversível. É isso o que Francisco quer recuperar.
O Papa Francisco tem um impressionante “jogo de cena”, extraordinária presença cênica.
Sua habilidade de comunicador se equipara à do carismático João Paulo II. Mas suas palavras são duras: condena como ídolos a uma série de ideais que são típicos de nossa sociedade, que orientam a vida da maioria das pessoas, que até mesmo os pais apresentam aos filhos, como riqueza, poder e sucesso. 
Esta dureza de suas palavras é acolhida entusiasticamente pelos jovens, não apenas pela capacidade comunicativa, mas sim pela percepção de uma autoridade moral que só nasce em quem é sincero, em quem proclama com a boca aquilo que está no coração. E o povão percebe e sente a sinceridade e a simplicidade do Papa Francisco; o qual tem condições subjetivas de transformar a Igreja católica e suas relações com o mundo.
Francisco registrou a importância da aproximação solidária com os pobres: “Mesmo em nossa vida cristã, caros irmãos e irmãs, oração e ação estão sempre profundamente unidos. Uma oração que não leve a ações concretas para o irmão pobre, o doente, o carente de ajuda, o necessitado, é uma oração estéril e incompleta”.
É como se o cardeal jesuíta Jorge Bergoglio reproduzisse a Teologia da Libertação, com ênfase na esfera cultural, com uma linguagem fácil que todos entendem. Pode funcionar!
Resumo da ópera: Sem dúvida nenhuma, Francisco deu o seu recado e cumpre sua missão tentando resgatar os valores do cristianismo - como Estadista, de frente para o povo; conquistando corações e mentes. Ao contrário do PT que - em colisão com a orientação do Papa - rasgou os seus princípios (desde 2002) para ganhar eleições e fazer acordos espúrios para governar, de costas para o povo, buscando perpetuar-se no poder, apenas pelo poder; e está perdendo corações e mentes. Tantum defectum Latinam...

(*) Rinaldo Barros é professor – rb@opiniaopolitica.com

--
O SITE AGORA OFERECE CURSOS 24 HORAS, COM CERTIFICADO. 
ATUALIZE SEUS CONHECIMENTOS

Faleceu o mais famoso árbitro de futebol de Natal: Luiz Meireles, o Cobra Preta.

Faleceu hoje pela madrugada (27/07) aqui em Natal,  aos 82 anos de idade, o ex árbitro da Federação Norteriograndense de Futebol e do Quadro Nacional de Arbitros, LUIS MEIRELES DA SILVA. O "cobra preta", como era conhecido carinhosamente pelos colegas e pela imprensa esportiva potiguar, foi um dos grandes nomes da arbitragem do RN em todos os tempos. Seu sepultamento ocorrerá amanhã pela manhã, na cidade de Ceará Mirim....
(Texto enviado por César Virgílio)

sábado, 27 de julho de 2013

Médicos protestando nas ruas, pode ser indicativo de um futuro sombrio para o Brasil.

Prezado amigo Armando Negreiros,

Sei que essa situação merece longos debates,não pretendo agora participar deles por email. Porém como você me enviou suas opiniões gostaria de manifestar as minhas.
- Toda minha vida como médico somente trabalhei no setor público, por isso fico a vontade para firmar minha posição: nunca cobrei uma consulta na minha vida;
- A maioria dos médicos e instituições da categoria  somente agora se manifestam sob a falsa alegação de preocupação com população brasileira, quando só estão pensando nos seus interesses corporativistas e como ganhar mais dinheiro em suas clínicas e hospitais particulares;
- A maioria dos médicos não quer ir para áreas carentes, mesmo tendo condições razoáveis de trabalho, preferem os grandes centros onde seus brancos jalecos não precisam suar e ficarem manchados de poeira;
- Médicos estrangeiros são bem vindos desde capacitados, como todos os países desenvolvidos fazem (como exemplo a Inglaterra onde mais de 30% dos médicos são estrangeiros);
- Falar mal da "Presidenta" denota apenas uma posição de oposição política compreensível daqueles que criaram todo esse quadro de desigualdade social e que agora lamentam perder seus privilégios e mamatas com o empresariado capitalista selvagem;
- Reconheço que as medidas propostas (algumas vezes alteradas pelo debate,o que não é nenhum demérito e sim sabedoria) poderiam ter sido melhor debatidas, mas o clamor das ruas exigiam medidas rápidas e drásticas;
- Também acho correto que o estudante ou residente retribua o investimento feito nele para o setor público, mas isto deveria ter sido feito com uma importante reforma curricular dos cursos de medicina;
- Não nego que muitas condições de trabalho são indignantes, mas na maioria das vezes são responsabilidade das Prefeituras e governos estaduais que administram mal os recursos tanto federais, estaduais e municipais;
- Por fim se a saúde pública do Brasil depender dos médicos que estão protestando na Avenida Paulista vejo um futuro sombrio para o povo brasileiro...

Grande abraço...e continue cobrando mais que um salário mínimo por suas anestesias, mas não deixe o povo brasileiro saber disso...

Miguel Aiub Hijjar



Em 26 de julho de 2013 19:47, Armando Negreiros <armandoanegreiros@hotmail.com> escreveu:
Caro Presidente da Federação Brasileira das Academias de Medicina – FBAM - José Leite Saraiva, para dar divulgação à opinião da FBAM publiquei artigo no JORNAL DE HOJE, de hoje (26.07.2013)  a matéria em anexo. Um forte abraço, Armando Negreiros.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Piloto americano da II Guerra Mundial era casado com uma caicoense da família Vale.

Feito prisioneiro, Emil foi levado para o campo de prisioneiros Stag Luft III, em Sagan (atual Zagan, na Polônia) e o sofrimento foi grande.
Meses depois as tropas russas estavam avançando a partir do leste e começaram a se aproximar do campo. Segundo os livros relativos à Segunda Guerra Mundial Adolf Hitler mandou evacuar Stalag Luft III, pois além de não querer que estes aviadores aliados fossem libertados pelos russos, havia a intenção de utilizá-los como reféns.
A ficha do prisioneiro Emil Petr em Stalag Luft III
Em 31 de Janeiro os homens seguiram para o Stalag Luft VIIA, em Moosburg. Durante dois dias de viagem, os aviadores foram levados em vagões de transportar gado. As necessidades fisiológicas eram feitas ali mesmo, em pé e para dormir só escorados uns nos outros e a viagem durou dois dias. Moosburg era uma verdadeira pocilga, onde os alemães amontoaram mais de 140.000 prisioneiros aliados, entre estes alguns brasileiros.
O dia da libertação
Finalmente os prisioneiros foram libertados pelos soldados da 14ª Divisão Blindada, do 3º Exército da U.S. Army, comandados pelo general George Patton.
Para o veterano residente em Natal, a lição mais importante da guerra foi a “Falta de justificativas para a violência”, que no seu entendimento ainda não foi aprendida pela humanidade.
Depois de retornar aos Estados Unidos, Emil tentou a universidade de Lincoln, sem sucesso e foi trabalhar em uma empresa de construção da família. Mas este americano de origem eslava, de profunda devoção católica, decidiu trabalhar como um voluntário em obras assistenciais na América Latina, através de um programa criado pelo Papa João XVIII.
Dom Eugênio e Emil
O destino o trouxe a Natal em 1963, onde conheceu Dom Eugênio de Araújo Sales (na época Bispo da capital potiguar) e se incorporou no programa SAR – Serviço de Assistência Rural. Através deste trabalho manteve contatos e participou de ações em Recife junto com Dom Helder Câmara e teve oportunidade de estar ao lado da irmã Dulce, de Salvador.
Natal-1963
Emil me comentou que já tinha ouvido falar sobre Natal, principalmente durante o seu trajeto aéreo para combater na Europa. Mas na época de sua passagem, devido ao grande trânsito de aviões no famoso “Parnamirim Field”, o seu caminho para a Itália foi através de Fortaleza. Mas, para ele, a hora certa de estar em Natal foi em 1963, onde conheceu uma pessoa que mudou sua vida.
Emil e Célia
Emil teve oportunidade de conhecer o sertão potiguar, os aspectos ligados aos trabalhadores rurais nordestinos e veio a ser casar com a assistente social Célia Vale Xavier, assistente social com curso de especialização na Costa Rica e Colômbia, nascida em Caicó, que havia sido indicada pelo Monsenhor Walfredo Gurgel, seu antigo mestre, para trabalhar no SAR junto com Dom Eugênio, na elaboração do pioneiro projeto de educação radiofônica através da Emissora de Educação Rural, mais conhecida como Rádio Rural de Natal.
Ela e Emil Petr se uniram oficialmente em 1967 e passaram a morar no bairro de Petrópolis. Na capital potiguar Emil criou fortes laços de amizade no seio de nossa sociedade. Viajou a serviço do PAVLA pelo Brasil, conheceu do interior do Nordeste a floresta amazônica. Após o fim do PAVLA, o nativo de Nebraska trabalhou em Natal junto à escola de línguas SCBEU, a Emater, no INPE e prestou serviço junto a UFRN.
Em 1969, com o apoio de sua esposa Célia, comprou uma propriedade na cidade de São Gonçalo do Amarante, próxima a Natal, a qual denominou “Sítio Nebraska”. Neste local, junto com as comunidades rurais da região, desenvolveu a primeira experiência de agricultura sem agrotóxicos no Rio Grande do Norte. Mesmo com dificuldades ele conseguiu escoar a produção para restaurantes que trabalhavam com comida natural em Natal e junto a consumidores individuais.
O casal Emil Petr e Célia Vale não tiveram filhos. Eles adotaram Maria Isabel, a querida Mabel, que havia nascido com um a grave doença cerebral, mas isto não foi problema para o casal dedicar a esta criança muito amor e carinho durante 11 anos. Apesar dos esforços dos pais, Maria Isabel deixou este plano terreno em meio a muitas saudades.
Emil levando sua filha Mabel para ser consultada no navio hospital “Hope”
Homem de extrema sensibilidade e preocupação com a natureza, a preservação do meio ambiente, o uso sustentável da terra e o consumo correto de produtos agrícolas, decidiu junto com o professor Waldson Pinheiro, o Embaixador Nestor Lima, o Dr. Otto Guerra, o ex-governador Cortez Pereira e outras pessoas, criar uma entidade de preservação da natureza, a primeira do gênero oficialmente estabelecida no Rio Grande do Norte. Esta ONG é a conhecida ASPOAN – Associação Potiguar Amigos da Natureza, que tantos trabalhos realizou (e realiza) em prol do meio ambiente potiguar. Foi um momento que Emil considera fantástico, onde surgiram muitas ideias e projetos ligados a área ambiental, a maioria deles ações inéditas no Rio Grande do Norte.
Em meio a muitas atividades, Emil teve a tristeza de saber que sua amada Célia fora acometida do Mal de Azheimer. Durante seis anos Emil e a família de Dona Célia, que ele considera sua família no Brasil, buscaram dar o melhor para esta caicoense de fibra. Em 14 de julho de 2010, Célia Vale Petr seguiu para um plano superior em meio a muito carinho.
Durante a luta em prol da saúde de sua amada esposa, surgiu na mente de Emil o desejo de contar sua história de vida para as gerações futuras.
Desde o primeiro semestre de 2010 iniciamos a fase de entrevistas, daí seguimos para fazer contato com pessoas e entidades nos Estados Unidos e na Eslováquia. Depois partimos para a análise de suas cartas e de sua esposa, Célia Vale Petr. Outras fontes são seus apontamentos compilados em um diário, muitas fotos, além do livro da sua formatura como oficial navegador, o livro oficial do seu esquadrão (publicado em 1946), análise de material vindo do Arquivo Nacional dos Estados Unidos, da família Petr e da família Vale.
Chegamos a reta final deste nosso trabalho e o resultado é “Eu Não Sou Herói, A História de Emil Petr”.
Contamos com o empenho do editor e escritor Carlos Fialho e dos profissionais da Editora Jovens Escribas, que realizaram um trabalho magistral. O resultado é um livro com mais de 300 páginas e um vasto acervo fotográfico. Tudo em um belo formato, repleto de histórias interessantes.
O autor e seu biografado
No dia 31 de outubro, no Iate Clube de Natal, quarta-feira, a partir das 19:00 horas, estarei junto com Emil, seus familiares e amigos, autografando este novo trabalho.


Um forte abraço a todos.

Morreu Emílio, o piloto americano que adotou e amou Natal. O falecimento de Emil Petr foi divulgado na noite de hoje por Joseph Brendan Macdonald, professor da Universidade Federal da Paraíba, que residiu em Natal nos anos 60. O potiguar Rostand Medeiros, filho de Calabar, foi o autor do livro sobre Emilio , o gringo que trabalhou com Dom Eugênio Sales. Era casado com Célia Vale, de Caicó.


O MEU NOVO LIVRO – EU NÃO SOU HERÓI, A HISTÓRIA DE EMIL PETR


Na vida da gente é uma grande satisfação quando nosso planos se realizam.
E eu me sinto assim neste momento, quando se aproxima o lançamento do meu quarto livro.
Em 2009 eu fui um dos realizadores do livro “Os cavaleiros dos céus – A saga do vôo de Ferrarin e Del Prete”, que narra a história da primeira travessia sem escalas entre a Europa e America do Sul, realizada pelos pilotos italianos Arturo Ferrarin e Carlo Del Prete, em 1928. Emil, um grande leitor sobre aviação teve acesso a este trabalho e gostou do livro.
Um dia foi contatado por um familiar, que me contou que em Natal morava um veterano norte-americano da II Guerra Mundial, que estava me procurando através de seus familiares e desejava me conhecer para contar a sua história. No principio achei tudo meio estranho e um tanto fantasioso, mas nada era mentira.
Conheci uma figura humana incrível e iniciamos nosso trabalho.
Emil Anthony Petr é natural da cidade de Deweese, no estado de Nebraska. Católico, descendente de tchecos, nasceu em 1919 e aos 22 anos, em janeiro de 1942, Emil buscou um local de alistamento para se engajar lutar contra os nazifascistas, este filho de simples agricultores tinha certeza que “-Não queria lutar em trincheiras, mas no ar”.
Foi primeiramente designado para o 57º Grupo de Caça, na área de Boston. Quando estava para seguir com a sua unidade para o deserto do norte da África, ele conseguiu a aprovação para cursar a escola de formação de navegadores, em San Marco, no Texas. Em 1943, após conseguir a patente de segundo tenente, foi designado para atuar em bombardeiros B-24. Mas não era o fim de sua preparação. O tenente Petr seguiu para a base aérea de Langley, Virginia, onde se especializou na tarefa de bombardeio por radar.
Em abril de 1944 chegou a sua transferência para a 15ª Air Force, no sul da Itália, para atuar no esquadrão 139, do 454th Bomb Group, baseado no campo de San Giovanni, próximo a cidade de Cerignola.
Durante o trajeto para a Europa o tenente Emil esteve no Brasil, mas não em Natal. Seu trajeto passou pelas cidades de Belém e Fortaleza, onde guardou boas lembranças. “-Não era para ter conhecido Natal na época da guerra, mas foi para cá que optei por viver e me casar”.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Parte da Candelária será atingida pelos desvios do tráfego de veículos, a partir de amanhã, sábado, 27. Moradores de Candelária querem saber quando a CAERN ativará a rede de esgotos de parte do bairro, pronta há mais de 8 anos.



Trânsito tem trechos interditados

Publicação: 25 de Julho de 2013 às 00:00
Fonte:Tribuna do Norte/Natal/RN.
Tribuna do Norte
Como parte das intervenções urbanísticas que estão ocorrendo em Natal, relacionadas principalmente às obras de drenagem e esgotamento sanitário, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) anuncia mudanças no trânsito de veículos na marginal da BR-101, a altura do Natal Shopping. A partir das 6 horas deste sábado (27) o trecho de 190,5 metros  entre o posto Planalto e o shopping vai estar interditado ao tráfego por conta da implantação de um tronco coletor da bacia de  esgotamento I, com o assentamento de tubulação de 500 milímetros a  cargo da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do  Norte (Caern).

A interdição da via lateral da BR-101 contempla o trecho entre os quilômetros 94,3 (rua Ataulfo Alves) e 94,9 (interseção com a avenida Brancas Dunas) vai ser de 20 dias e vai até o dia 16 de agosto.

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) já informou, através de edital, que uma segunda intervenção de 30 dias deverá ocorrer entre 17 de agosto e 15 de setembro para a continuidade em mais 365,36 metros na marginal da BR-101, no trecho entre as intersecções das ruas Senador Ferreira de Souza e Desembargador Túlio Bezerra de Melo.

Por conta dessas obras de drenagem, a Semob informa que os itinerários dos transportes coletivos que transitam pela marginal da BR-101 obedecerá o seguinte roteiro, enquanto durarem as obras de saneamento da Caern: rua Ataulfo Alves (Posto Planalto), rua Frei Henrique de Coimbra (praça dos Eucaliptos) com retorno à rodovia federal BR-101 avenida Brancas Dunas (Natal Shopping).

À medida que a execução das obras de cada trecho seja concluída, a marginal será liberada ao tráfego de veículos. De acordo com a Semob, as linhas de ônibus correspondentes a parada próxima à passarela do Natal Shopping serão transferidas para a existente ao lado do Carrefour, voltando ao roteiro normal após a conclusão dos serviços de drenagem da marginal da BR-101.

Segundo o pedido de nº 7.185 de autorização de intervenção em via pública pela Construtora Torres e Melo Ltda (Constem), emitida na terça-feira (23) a interdição vai viabilizar a instalação de coletor tranco e rede para atender a obra do Grupo Capuche e Natal Shopping.

O chefe do Departamento de Fiscalização de Trânsito da Semob, Carlos Eugenio de Oliveira, disse que a  operação para orientar os desvios dos veículos contará com 10 agentes de trânsito, 10 fiscais de transporte mais quatro viaturas da SEMOB que orientarão sobre as condições de tráfego na região e preservando a segurança dos usuários da via. Recomenda-se que os condutores respeitem a sinalização de forma a não atrapalhar o trânsito.


quarta-feira, 24 de julho de 2013

[AssessoRN.com] Caminhos do Frio segue com programação diversificada nesta quarta na cidade de Bananeiras

  
Marcar com estrela  24.07.13 - 10h44m
Foto: Divulgação
Espetáculo “Boi Encantado” será encenado às 19h30. Alunos da rede pública de ensino participam de city tour pela cidade. Clínica de golf com o instrutor Renato Lopes encerra atividade com estudantes.
 
A programação desta quarta-feira (24) da Rota Cultural Caminhos do Frio 2013 conta com apresentação teatral, city tour, clínica de golf e Encontro Regional de Economia Criativa. As atividades acontecem até o próximo dia 28 na cidade de Bananeiras, no Brejo da Paraíba. Todas as atividades são gratuitas.
 
A partir das 8h30 tem início as inscrições para o Encontro Regional de Economia Criativa de Bananeiras. Às 9h30 é abertura e logo em seguida o público confere a palestra “Economia Criativa como ação para o desenvolvimento regional”, com o professor André Piva. Já às 11h, terá a palestra “Localidades interioranas como territórios criativos”, com a professora Fabiane Nagabe.  Atividade acontece no Espaço Cultural Oscar de Castro. Ainda está previsto às 14h uma atividade com os grupos de trabalho e às 16h30, plenária para apresentar e discutir resultados dos grupos de trabalho.
 
Trinta alunos da rede pública de ensino, que se destacaram por conta das notas altas nas escolas, participam a partir das 10h de um city tour pelo Centro de Bananeiras. O turismólogo Manuel Netto vai apresentar aos estudantes pontos turísticos de Bananeiras e explicar sobre a história da cidade. “Eles vão conhecer mais sobre a história da cidade com as explicações que darei sobre alguns pontos turísticos de Bananeiras como, por exemplo, a igreja matriz, a antiga estação de trem, o túnel da viração (túnel que integrava o percurso do trem), o museu Simeão Cananéa e o campus III da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O passeio termina com a prática de golf no Águas da Serra Golf Club com o instrutor Renato Lopes”, disse Manuel Netto.
 
Já às 19h30, será apresentado o espetáculo “Boi Encantado”, da Cia Boca de Cena. Apresentação gratuita acontece no Teatro Ivaldo Lucena, localizado no Espaço Cultural Oscar de Castro. Para encerrar a programação desta quarta-feira, a Dupla AD Solto e Cristiano Borges apresenta sucessos da música gospel na 1ª Igreja Batista de Bananeiras.
 
As atrações integram a programação da Rota Cultural Caminhos do Frio 2013. O festival acontece até 1º de setembro. Guilherme Arantes, Zizi Possi, Lenine e Geraldo Azevedo são algumas das atrações do evento itinerante que passará por seis cidades paraibanas.
 
Em Bananeiras, a Rota Cultural Caminhos do Frio segue até o próximo dia 28 com atividades musicais, teatrais, fotográficas, esportivas e muito mais. Guilherme Arantes, Renata Arruda e Yegor Gomez são alguns dos destaques da programação. A Secretaria de Cultura e Turismo de Bananeiras apoia o evento do Fórum de Desenvolvimento Turístico Sustentável do Brejo Paraibano. O Caminhos do Frio também conta com apoio do Governo da Paraíba.
Confira a programação desta quarta-feira (24)
Encontro Regional de Economia Criativa de Bananeiras
8h30 - Inscrições e distribuição de material
9h30 - Abertura do Evento
10h - Palestra: Economia Criativa como ação para o desenvolvimento regional (Prof. Dr. André Piva)
11h - Palestra : Localidades interioranas como territórios criativos (Profa. Ms. Fabiane Nagabe)
14h - Grupos de Trabalho
16h30 - Plenária para se apresentar e discutir os resultados dos Grupos de Trabalho
Local: Espaço Cultural Oscar de Castro
 
10h – City Tour
Local: Centro de Bananeiras
11h – Clínica de Golf
Atividade para alunos de escolas públicas de Bananeiras
Com o instrutor Renato Lopes
Local: Águas da Serra Golf Club
Teatro
19h30 - Espetáculo Boi Encantado (Cia Boca de Cena)
Local: Teatro Ivaldo Lucena (Espaço Cultural Oscar de Castro)
20h – Dupla Ad Solto e Cristiano Borges
Local: 1ª Igreja Batista de Bananeiras
PM de Bananeiras
I2 Inteligência
Setor de Gestão da Informação
(83) 3219-7067 / 9106-2127

terça-feira, 23 de julho de 2013

Sessenta quilos na roda bruta.


Para a colônia caicoense em Candelária.




Por João Bosco de Araújo
Jornalista  boscoaraujo@assessorn.com  

No parque de diversão, que era o Parque Lima e ficava armado sempre ao lado da Catedral todos os anos e por quase três décadas, as moças e rapazes explodiam de alegria. O sobe e desce na roda-gigante, as canoas, os aviões, o carrossel de cavalinhos, a paquera na praça do coreto – justamente a Praça da Liberdade. Da criança ao adolescente, ninguém ficava parado!

Naquela tarde de sábado, penúltimo dia de festa da padroeira Sant’Ana de Caicó, o rapaz do sítio havia arranjado uma namorada. No alto-falante tocava uma canção de Paulo Sérgio, onde o locutor com sua voz postada acabara de anunciar: “De um alguém para outro alguém, no País da Lua”. Os Beatles estavam em moda, mas suas músicas não tocavam naquela difusora. Questão de costume.

O namorado, gentilmente, se oferece para dar um passeio na roda-gigante. A moça, com seu jeito tímido, balança a cabeça afirmando positivamente. O casal entra na fila e toma assento na cadeira giratória. Outros rapazes que residiam na cidade ficaram a observar, atentos, os dois sentados e felizes naquela poltrona de ferro a rodar e a balançar, suavemente.

A mocinha vestia uma saia curta e justa. Foi quando no movimento da gigante roda e ao aproximar-se da turminha de amigos, todos leram, estupefatos, escrito em sua calcinha branca “60 Kg Bruto”, estampado em letras garrafais, da maneira como estava tipografado na saca de açúcar do armazém de cereais.

A pobre moça, analfabeta, jamais imaginara que em suas vestes íntimas estivesse escrita uma mensagem tão explícita e versal como àquela, exposta ao público naquele momento de pura felicidade em sua vida, num dia de alegria, de prazer, de festa de rua. Tampouco os rapazes demonstraram o que acabaram de ver – ao menos enquanto viviam àquele flagrante sensual. Depois, ninguém jamais mais esqueceu dos “sessenta quílo bruto” da calcinha da roda gigante. 

Era comum, na época, as pessoas mais simples confeccionarem suas roupas com tecidos de sacos de açúcar ou de farinha, pois, geralmente, os homens faziam dessas vestimentas seu uniforme de trabalho na roça e as mulheres suas peças íntimas, como anáguas e calcinhas. Eram adquiridas em armazéns e feiras ou, muitas vezes, de graça na casa do patrão.

Quem também presenciou esse flagrante sensacional, embora não fosse do grupo de amigos da cidade, mas do casal de namorados, foi o rapaz Manoel Sirino, que era queijeiro no Umbuzeiro e que por sua vez narrou muitos outros causos por ele vividos e por outras pessoas do lugar. Ele sempre teve uma criatividade fora do comum e juntava tudo isso em sua memória e me contava todas as vezes que eu ia passar as férias escolares no sítio do meu pai Pedro Salviano de Araújo, em Caicó.      

©2013 www.AssessoRN.com | Jornalista Bosco Araújo




--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 7/21/2013 09:46:00 AM

domingo, 21 de julho de 2013

Investidores ainda não perderam as esperanças.

Telexfree afirma ter R$ 660 milhões para voltar a funcionar

Matheus Lombardi
Do UOL, em São Paulo
  • Reprodução
A empresa Telexfree (Ympactus Comercial Ltda.), que está proibida de operar por acusação de praticar pirâmide financeira, divulgou uma nota, neste final de semana, na qual afirma que ofereceu cerca de R$ 660 milhões à Justiça como garantia para desbloquear as contas dos associados e poder voltar a fazer novos cadastros.
A movimentação de dinheiro da empresa está proibida pela Justiça desde o final de junho. A Telexfree também continua impossibilitada de realizar novos cadastros de divulgadores, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.
Atuando no Brasil desde março de 2012, a Telexfree vende planos de minutos de telefonia de voz sobre protocolo de internet (VoIP, na sigla em inglês). Porém, segundo a acusação da Justiça, isso seria apenas uma fachada.
Ampliar

Golpes online usam buscas sobre celebridades para atrair vítimas; conheça as mais perigosas17 fotos

12 / 17
6º lugar no Brasil - A atriz Cláudia Abreu, da novela "Cheias de Charme", ficou na sexta posição no levantamento da McAfee com as celebridades brasileiras mais "perigosas" da internet Alex Palarea/AgNews
A empresa é investigada por indícios de formação de pirâmide financeira, modalidade considerada ilegal porque só é vantajosa enquanto atrai novos investidores. Assim que os aplicadores param de entrar, o esquema não tem como cobrir os retornos prometidos e entra em colapso. Nesse tipo de golpe, são comuns as promessas de retorno expressivo em pouco tempo.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

CREA visitará hoje o Estádio "MACHADÃO II".


O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Norte (CAU/RN) realiza nesta quarta-feira (17) uma visita técnica às obras do estádio Arena das Dunas, em Natal. A comitiva do CAU/RN, liderada pelo presidente Raquelson Lins, será composta pelos conselheiros e colaboradores que irão conhecer a estrutura do espaço que está sendo erguido para receber quatro jogos da Copa do Mundo de Futebol no ano que vem. A visita ao Arena das Dunas faz parte da política do Conselho em conhecer de perto as grandes obras que estão sendo construídas no estado. Em breve o CAU/RN também realizará uma visita as construções do aeroporto de São Gonçalo do Amarante.

BDM Comunicação

Coma menos e viva mais.

Quem come menos vive mais, aponta estudo de universidade chinesa
Fonte: UOL.
17/07/2013 - 04h30
Uma equipe de cientistas chineses da prestigiada Universidade de Jiaotong, situada em Xangai, assegura ter descoberto que a restrição de calorias ingeridas pode ajudar a prolongar o tempo de vida em muitos animais e, inclusive, em humanos, informou nesta quarta-feira o jornal oficial "Shanghai Daily".
Com base em testes realizados em ratos, os cientistas constataram que comer menos favorece a expansão de uma flora bacteriana saudável no aparelho digestivo, o que reduz o número do tipo de bactérias cuja atividade acaba sendo prejudicial ao organismo.
O estudo da Universidade de Jiaotong permite confirma os efeitos positivos das dietas em humanos, indicou Zhao Liping, pesquisadora-chefe da Escola de Biotecnologia e Ciências da Vida da universidade chinesa.
De acordo com Zhao, após o experimento, cujos resultados foram publicados no portal da revista "Nature", sua equipe conseguiu demonstrar que estes níveis de bactérias são fundamentais para determinar a saúde e o tempo de vida dos humanos.
"A restrição de calorias demonstra que, com um único regime experimental, pode estender de maneira eficaz o tempo de vida em vários modelos animais, mas o mecanismo que o torna possível ainda continua sendo controverso", explicou a revista científica internacional em seu artigo sobre a pesquisa.
"É conhecido que os microorganismos intestinais têm um papel crucial na saúde de seus hóspedes, sobretudo através de dietas", continua.
"Aqui mostramos como uma restrição de calorias ao longo de toda a vida, em dietas tanto de altas como de baixas calorias, e não o exercício voluntário, muda significativamente a estrutura geral da colônia de microorganismos intestinais do rato C57BL/6 J", detalhou o grupo liderado por Zhao.
"O resultado deste tipo de dietas sugere que os animais sob uma restrição calórica podem estabelecer uma arquitetura de micróbios intestinais estruturalmente equilibrada, a qual pode gerar um benefício de saúde para o hóspede pela redução da carga de antígenos do sistema digestivo", completam os cientistas.
Desta forma, os pesquisadores chineses descobriram alguns tipos de bactéria, como os lactobacilos, contribuem para prolongar o tempo de vida e se beneficiam da restrição de calorias.
Ao mesmo tempo, eles viram que a dieta reduz o número de bactérias que contribuem para reduzir o tempo de vida e comprovaram que os níveis de um tipo de toxina, a proteína do lipopolisacárido (LPS), um indicador associado habitualmente com as inflamações, também foram reduzidos no soro sanguíneo.




segunda-feira, 15 de julho de 2013

Praça precisa de limpeza.

È urgente a necessidade limpeza integral da praça Padre Antonio Vilela, ao lado da capela da paróquia de Candelária e defronte ao anel das ruas Bento Gonçalves e Ataulfo Alves. Já foram detectados indícios de focos de dengue no meio do lixo deixados por moradores de ruas do bairro (latinhas, pratos e copos descartáveis, recipientes de margarinas, cervejas não renováveis, tampas de garrafas, etc). As últimas chuvas facilitaram as acumulações d'água em diversos pontos da praça. Fato constatado pelo blog. Por isso, é melhor evitar a possibilidade de dengue entre os moradores que residem até 250 metros da praça Pe. Vilela, principalmente os que estão ao Norte, por causa da direção dos ventos. 
Portanto, chamamos a atenção das autoridades municipais da Campanha Contra A Dengue.