sábado, 28 de abril de 2012

Liacir empossado no ICOP.


Auditório da Biblioteca Pública Zila Mamede, na noite do dia 25, durante a solenidade de posse do professor Liacir dos Santos Lucena no Instituto Cultural do Oeste Potiguar-ICOP, que contou com a presença de centenas de professores e intelectuais de Natal e Mossoró. A solenidade foi presidida pela reitora Angela Paiva e Aécio Cândido, presidente do ICOP, que constou, ainda, do lançamento da 15ª edição da revista OESTE. Fotos cedidas por Ítalo Valério.


Tarado reaparece e se masturba na praça.


Um tarado está rondando ruas e praças de Candelária. Ele foi visto numa lanchonete da praça da rua Manhã Parnasiana, às 14 horas de quarta-feira, onde comeu um sanduíche e bebeu refrigerante. Quem é? Ainda não se sabe. A certeza é que o rapaz não é morador de Candelária, tem um carro preto, tipo Celta, é jovem de menos de 30 anos, boa aparência e falante. Aparenta calma. Depois de comer o sanduíche, o desconhecido encostou-se numa extremidade da mesa e ficou  "roçando" , fazendo movimentos sensuais, talqualmente um coito lento. E saiu da lanchonete calmamente, sem dizer nada e entrou no carro e partiu. No dia seguinte, segundo informações de uma testemunha presencial, ele retornou à àrea, estacionando perto da esquina com a rua Padre Feijó, onde passou mais de cinco parado e fazendo gestos obscenos para as empregadas que passavam. Uma delas disse que ele ficou se masturbando dentro do Celta, com os vidros baixados. Segundo "M.", uma das testemunhas do primeiro caso, ninguém anotou a placa do carro, apesar da boa visibilidade, mas a segunda aparição do suposto tarado ocorreu no final da tarde de quinta-feira, 26. O cambista Ederaldo e o seu sobrinho Diego são testemunhas de um caso, mas Ederaldo disse que não viu nada e que "não me bote nisso, não, apesar do que estão dizendo seja verdade".
Até a tarde de hoje, não há informações sobre ataques a mulheres.
Há cerca de um mês, foi registrado um caso contra uma empregada doméstica que trabalha na rua Isabel Gondim que pediu socorro a Jeová Nóbrega, morador da rua Raposo Câmara, quando ela vinha para o trabalho às 5 horas da manhã. O tarado cantou Rosa, que recusou a proposta de subir na motocicleta. Após a recusa, o rapaz mostrou o que tinha para ela. A moça correu e escapou de uma possível tentativa de sequestro. O tarado não reapareceu.

De noite, em qualquer local público,
ou de dia, em ruas movimentadas ou ermas, o tarado pode reaparecer. Duvida?
Então, aguardemos. Fotos do arquivo do blog.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Prossegue a onda de assaltos em Candelária.

"Eu não ouço sobre um assalto, mas todos os dias ouço falarem sobre vários assaltos", respondeu uma vendedora de uma farmácia de Candelária, na manhã de ontem, após ser indagada se tinha ocorrido um assalto na noite de ontem, 25, na subida da ladeira da Av. Prudente de Morais. Realmente, em Candelária, nos últimos oito dias, ocorreram diversos assaltos e um sequestro (ou tentativa). O primeiro foi com a lojinha "Milk Shake", na rua Laura Maia, cujo dono mudou o negócio para a rua Juarez Távora, depois de sofrer prejuízos de monta. Na 6ª feira, às 13h40m, a lojinha "O Garrafão do Gordo", distante 100 metros da Delegacia de Polícia do bairro, na avenida Prudente de Morais, foi assalto por um rapaz que recebeu cobertura de dois ladrões que estavam numa moto da esquina. De boa aparência, braco,  bem trajado com bermuidas vermelha, boné vermelho, pochete que, armado com um revólver calibre 38, com seis balas, o jovem apontou a arma para a moça e pediu o dinheiro do apurado, cerca de 500 reais, além das moedas. Ainda reclamou da "zoada"  quando as moedas caíram sobre o birô, em virtude do nervosismo da vendedora Raissa Riane. Para o motocilcista Damião que estava olhando para a cara dele, o ladrão disse: "E você, aí. Está me achando bonito? Quer levar um tiro?". O ladrão é jovem, cabelos encaracolados e chegou a pé ao ponto comercial, vizinho da carne de sol de Bosco, de Caicó, outra vítima de assalto, mas em dezembro de 2010. O ladrão aparenta ser de "família de bem", tipo "filhinho de papai", já que não falava gírias nem tinha tatuagens nos braços e, provavelmente, poderá ser identificado. Àgil, o ladrão pegou a motocicleta do entregador Damião e sumiu. A vítima foi à delegacia comunicar o fato, mas informaram aela que nada poderia ser feito porque lá não tinha viatura  para fazer diligências, segundo Raíssa.O ladrão levou a moto, um "tablet", um celular e R$ 500,00.
A dona do Garrafão do Gordo também prestou queixa na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos-DEPROV. Ela procurou o presidente do CONACAN, Victor Vale, para convocar uma reunião com os moradores e autoridades policiais para tomar providências contra a onda de assaltos em Candelária.
Outra vítima de assalto foi o sr. Manoel, conhecido como "Manoel dos Bolos", que perde o carro durante o assalto que ocorreu na esquina da rua Juarez Távora com a Laura Maia. O assalto teria sido um sequestro relâmpago, segundo informações de moradores, que adiantaram que o carro foi achado em Macaíba. Procuramos falar com "Manoel dos Bolos", na manhã de ontem, mas as manicures informaram que ele estava viajando e a filha, Naninha, também vítima do assalto, estava no trabalho.
Ider, dono da banca de revistas do "Garrafão", situada na rua Bento Gonçalves, teve o seu estabelecimento assaltado por volta das 19h30 de terça-feira, 24, pois dois homens de meia idade, armados de revólveres calibre 38. Como não acharam muito dinheiro, levaram todo o estoque de cigarros e o celular do filho do dono da banca (Ider, pai, não estava no local). "Candelária está horrivel. Se pesquisar, vai saber mais sobre assaltos. Eu soube que houve um assalto nas imediações do semáforo da frente da Farmácia Globo", disse a vendedora da banca. Tem razão dona Asterlúzia Sena Tinôco: "Candelária está apavorante!".
Os serviços de reforma de lojas no centro comercial "Natal Shoping", em Candelária, na avenida Salgado Filho-Br 101, provocaram escassez de espaço para estacionamentos de veículos no seu interior. Por isso, é bom evitar ir para lá porque os ladrões já estão sabendo que muitos carros estão sendo estacionados nas ruas das imediações. Vários assaltos e arrombamentos aconteceram na rua Bernardo Dória, onde há um matagal atrás do Natal Shoping. Uma das vítimas foi o sr. Fritz, funcionário do Banco do Brasil, que perdeu um Gol, ano 2012, zero quilometro.
Por esses e outros assaltos, já ouvimos reações diversas dos moradores e vítimas: "Está na hora de mandar matar esses bandidos"; "Pena de morte tem que ser implantada no Brasil"; "Nós estamos com saudades de Mão Branca"; "Esses políticos só querem roubar".  
Eu fico calado, só ouço. Mas não são todos os políticos que praticam desonestidades.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

E ainda tem mais morcegos no TJ? Como começou o caso HENASA que gerou esse balaio de gatos? Foi na gestão de quem no ex-IPLANAT?


Cidades  - Diário de Natal.
Edição de quarta-feira, 25 de abril de 2012 
Precatórios: a teia se expande
Em depoimento a promotores, Carla Ubarana lança suspeitas sobre novos personagens, incluindo Micarla de Sousa
Paulo Nascimento, Paulo de Sousa, Fernanda Zauli e Maiara Felipe

Mais um capítulo que se revela. Desde a noite de segunda-feira o Blog do BG divulga, por temas, o vídeo gravado, no dia 20 de março, pelo Ministério Público Estadual (MP-RN) quando da assinatura do termo de delação premiada assinado pela ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça (TJRN), Carla Ubarana Leal, acusada de elaborar e operar um esquema de desvio de dinheiro público no setor. Assim como no depoimento prestado em juízo, na 7ª Vara Criminal - quando confirmou a participação direta dos desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho, ex-presidentes do TJ, no esquema - ao MP Carla Ubarana lançou suspeitas e insinuações sobre diversos personagens. O termo de colaboração com as investigações do MP beneficiou a ré confessa e seu esposo George Leal com a prisão domiciliar - até então eles se encontravam detidos no Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal.


Durante as declarações dadas aos integrantes da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, Carla Ubarana joga luz sobre o caso do precatório que mais vem tomando a atenção de todos os órgãos envolvidos na investigação do esquema montado dentro do TJ-RN: o caso Henasa. De acordo com a versão de Carla, diferente do que vinha afirmando a administração municipal, a prefeita Micarla de Sousa reuniu-se com o então presidente do TJ-RN, desembargador Rafael Godeiro, para negociar o acordo a respeito do débito com a Henasa Empreendimentos, que alcançava mais de R$ 191 milhões na época.



O ineditismo da reunião entre o desembargador e a prefeita teria surpreendido a ex-chefe da Divisão de Precatórios. "Este foi o único processo assinado na mesa da presidência, após conversa entre ele [Rafael Godeiro] e Micarla. Em mais de 300 audiências com o município, nunca nenhum presidente e nem a prefeita assinaram acordos. Outros desembargadores estiveram na reunião para fazer o acordo do repasse. Não sei o que foi acertado, não participei. Só sei que todo dia 10 o dinheiro caía na contae eu fazia a divisão, para a autora da ação [Henasa] e para o advogado", explicou Carla Ubarana.



O acordo citado e lavrado pela ré da Operação Judas é o Termo de Compromisso Judicial 013/2009 firmado entre o município do Natal e a Henasa, com a mediação do juiz Cícero Martins de Macêdo Filho. Assinam o documento, datado de 16 de novembro de 2009, além da prefeita e do desembargador, o então procurador geral do município Bruno Macêdo, os advogados Fábio Hollanda e Fernando Caldas Leal Filho e o representante da Henasa Empreendimentos.



No "segundo capítulo", Ubarana ainda explica os entremeios em que correram o processo, que esteve suspenso entre 2002 e 2007, e o classifica como o "problema maior". "O processo ficou suspenso por cinco anos, não sei porque. Ele começou com 7 mil cruzados novos. Quando foi pedido para retornar, por lei, como estava suspenso tinha que voltar para o lugar, que era o 1º da fila. Assim travou tudo, pois o precatório chegava a R$ 200 milhões", contou Carla, consultando um calhamaço deanotações pela qual baseou seu depoimento de delação premiada.



O valor alcançado teria sido furto da determinação do juiz que ordenou juros de atualização de 1% por mês, diferente do usual que através da Tabela 1 da Justiça Federal diz que os juros usados devem ser de 0,5% por mês. "Foram mais de 10 audiências entre as partes. Em todas estiveram a PGM e o Ministério Público. Alguns procuradores do município participaram também e todos reclamaram muito do valor, mas o acordo foi conseguido", comentou Carla Ubarana. O pagamento do precatório 2001.003123-5, em favor da Henasa Empreendimentos Turísticos, terminou sendo fechado em pouco mais de R$ 95,6 milhões a serem pagos em dez parcelas anuais e 120 parcelas mensais, que seriam corrigidas anualmente de acordo com a Tabela 1 da Justiça Federal.



No esteio da Operação Judas e da inspeção realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), que questionou os valores fechados no acordo, o pagamento foi suspenso pela prefeita Micarla de Sousa e o então procurado geral do município Bruno Dantas Macedo, acabou deixando o cargo em da repercussão do caso.



A assessoria de comunicação da prefeitura afirmou que a prefeita não participou das negociações do precatório da Henasa, tendo seguido as orientações da PGM, que por conseguinte teria contratado o renomado escritório paulista do advogado Cândido Rangel Dinamarco para realizar assessoria jurídica no caso. A mesma assertiva já tinha sido apresentada por Bruno Macêdo em coletiva dada logo após anunciar a saída da administração municipal. 


+ Mais 
Micarla de Sousa divulga nota

Nota de Bruno Macedo

Carla detalha esquema aos promotores

"Tatiana era quem mandava no TJ"

"Ela ouviu o galo cantar, mas não sabe onde"

O precatório que ninguém quer

PGM abre prazo para voluntários integrarem comissão

Henasa: procurador entregará parecer sobre relatório do TCE

Aluisio comenta sobre o desmantelo no judiciário.


POLITICA - Diário de Natal.
Edição de quarta-feira, 25 de abril de 2012 
Ponteio

Aluisio Lacerda
aluisiolacerda@gmail.com

Operação transbordo
Moralidade rima com probidade, que sugere a ideia de honestidade, ética, lealdade, boa-fé e todo um conjunto de regras que orientam a administração pública, que não pode dispensar a disciplina interna. Quebrada essa disciplina, todo aquele que orientar seus atos na base da boa-fé já sabe que a porta do inferno estará escancarada pelo uso e o abuso de poder. Qualquer estudante de Direito sabe que, na iniciativa privada, tudo o que não é vedado em lei é permitido. O que não acontece no serviço público, que só pode agir conforme a lei. Comete o Poder Judiciário o pecado da ausência de bons gestores? Sim. O diagnóstico é antigo e foi uma das motivações que levaram à criação do Conselho Nacional de Justiça. Não foi à-toa que o legislador incluiu como uma das competências do CNJ o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário (CF, § 4º, art. 103-B). Evidente que o Judiciário brasileiro dispõe de excelentes quadros técnicos e administrativos, mas não mandam, não ordenam, não gerem a coisa pública. E a inversão de comando é o caos. O depoimento de Carla Ubarana parece um filme de ficção, mas não é. Assusta o poder devastador de sua delação. E quando nada mais for dito a respeito dos precatórios, a operação "Sinal Fechado" irá além da borda.

- Mudanças na Secretaria de Estado da Tributação. A edição pretérita do Diário Oficial do Estado publica a exoneração de Heriberto de Andrade, secretário adjunto da SET, substituído por Jane Carmen Carneiro de Araújo.

- Pelo Decreto nº 22.652/2012, da governadora Rosalba Ciarlini, foi aberto crédito suplementar no valor de R$ 20,54 milhões para "cobrir despesas referentes ao ajuste das Portarias e Convênios", segundo a pauta do CDE.

- As principais questões relacionadas à região metropolitana de Natal serão debatidas na próxima sexta-feira, a partir das 8h, no salão de eventos da Assembleia Legislativa. A iniciativa é do deputado Hermano Morais (PMDB).

- A Superintendência de Comunicação da UFRN vai promover um café da manhã na próxima sexta-feira, para a apresentação das festividades que marcarão os quarenta anos da Televisão Universitária. Às 8h, no Imirá Plaza.

Alvo errado?
O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) navega sem dificuldades. A atual administração natalense e seus principais interlocutores o escolheram desde 2009 como o alvo a ser abatido. Se era uma estratégia, não funcionou. Pela última pesquisa do Instituto Certus, parceria com o portal Nominuto, o ex-prefeito exibe 49,5% na pesquisa estimulada.

Livre para gastar
Sancionada a Lei nº 9.618/2012, que altera a de nº 9.613, de fevereiro deste ano, que autoriza o Governo do RN a abrir créditos suplementares até o limite correspondente a 15%, "vedado o remanejamento dos recursos decorrentes de emendas parlamentares". Não são computados os créditos suplementares provenientes do excesso de arrecadação.

ONG da saúde
O Tribunal de Contas da União está questionando a forma (contratação direta) e o preço praticado no contrato de gestão firmado em 2010 entre a Prefeitura de Natal e o Instituto Pernambucano de Assistência à Saúde, e determinou que o Fundo Nacional de Saúde instaure tomada de contas especial para identificar a correta destinação dos recursos. 

terça-feira, 24 de abril de 2012

OESTE - a revista do oeste potiguar.




 


OESTE -  A 15ª edição da revista do Instituto Cultural do Oeste Potiguar  será lançada às 17 horas de amanhã, 25, na Biblioteca Zila Mamede, Campus da UFRN, em frente de Candelária, ocasião em que o cientista Liacir dos Santos Lucena  tomará posse como confrade em sessão especial. O pai de Liacir foi um dos fundadores do ICOP em 1957, em Mossoró e hoje, com 100 anos de idade, receberá homenagens dos intelectuais e amigos, além de uma reportagem alusiva à data.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Caótico trânsito da Região Metropolitana de Natal será abordado em seminário

Foto: candelariaemfoco.blogspot.com
O trânsito em toda Região Metropolitana de Natal, que está sendo considerado pela maioria dos motoristas como caótico, considerando as muitas deficiências que as autoridades do setor não conseguem sanar e nem tampouco abrandar, será um dos temas a ser discutido durante o Fórum Gestão Metropolitana, dia 27, às 08h, no Salão de Eventos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Outra colisão na Ataulfo Alves.

Mais um acidente ocorreu às 22 horas de ontem, no cruzamento das ruas Ataulfo Alves e Frei Henrique de Coimbra, envolvendo um taxi com placas MMX-2617,de São Gonçalo do Amarante/RN e uma camioneta de luxo de João Pessoa, placas NPT-8987/PB, que, em virtude de não existir placa de sinalização de PARE, "atravessou direto" o trecho considerado ponto crítico. O acidente só causou danos materiais, mas veiculamos a notícia para tentar chamar a atenção das autoridades de trânsito da capital, pois os acidentes são diários e diuturnos em Candelári.
Outro local perigoso é o cruzamento da avenida da Integração com a Prudente de Morais, onde estão fazendo manobras erradas e perigosas, no trecho defronte ao posto de combustíveis,  principalmente por parte de condutoras que trafegam na Integração e querem retornar para a BR 101. Essas manobras indevidas param o tráfego e podem provocar acidentes. Também foi constatada a falta de sinalização para os que procedem da Integração para entrar à direita na Prudente de Morais, tendo em vista que é permitido apenas para seguir à direita e não entrar na pista da esquerda e retornar mais adiante em retorno proibido, em frente da delegacia de Candelária.
Foto do acidente anterior no mesmo cruzamento. Detalhe interessante: as batidas são sempre entre carros de luxo, 4x4, cabine dupla, importados, com carros pequenos ou taxis.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

O estádio que poderia se chamar João Machado.


CONSTRUÇÃO DO ARENA DAS DUNAS
O IMPACTO DA COPA DE 2014 NA ECONOMIA DO RIO GRANDE DO NORTE

Carlos Roberto de Miranda Gomes (*)

Numa tentativa elogiável de preparar os múltiplos segmentos da economia do Rio Grande do Norte, para a Copa do Mundo de 2014, foi realizada em Natal a 13ª edição do evento “Os Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, seminário realizado pela iniciativa da Tribuna do Norte, Sistema Fiern, Sistema Fecomércio, Universidade Federal do Rio Grande do Norte e o Governo do nosso Estado, tendo por sede a unidade do Pestana Hotel.

Pela indicação proclamada pelo empresário Amaro Sales, Presidente da Federação das Indústrias do RN, a Copa deixará três legados: o da infraestrutura, o social e o legado das oportunidades de negócios.

Sem pretender opor qualquer obstáculo de pessimismo ao Evento Internacional da FIFA, como cidadão, questiono a lentidão dos procedimentos que possam garantir os anseios dos empresários e da população.

Infelizmente, este Fórum devia ter vislumbrado o Mega Evento com mais antecedência, para ter evitado a demolição do Machadão, porquanto plenamente viável a sua adaptação, haja vista as reconhecidas dificuldades econômicas e financeiras do Estado do Rio Grande do Norte e, particularmente, da cidade de Natal. Assunto encerrado por aqui, posto que o Poema de Concreto Armado já foi demolido e a construção da Arena das Dunas ainda não decolou para os olhos dos que passam pelo local, senão para os que contribuíram para a nova construção, notadamente os políticos oportunistas que só pretendem colher dividendos para as futuras campanhas, como aconteceu com o quase trintenário projeto das ZPEs, do quase cinquentenário do projeto de ampliação do porto de Natal, que continuam a render palanque.

Claro está que todos nós agora voltamos nossa atenção para que efetivamente a Copa de 2014 se efetive e que deixe alguma coisa positiva para nosso Estado, em particular para o sistema de mobilidade urbana, principal gargalo do nosso desenvolvimento local, seja pela conservação das estradas estaduais, vias municipais, acessos, transporte coletivo, uma vez que já sentimos as dificuldades do descontrole do fluxo de veículos novos em relação às vias de trânsito e estacionamentos, além dos problemas de segurança e da rede hospitalar.

O assunto não passou despercebido no seminário, quando os palestrantes apontavam que a indicação de Natal para sediar uma das fases da Copa ocorreu no ano de 2009 e o andamento das obras não correspondem à realidade almejada.

É preciso recuperar o tempo perdido. Por enquanto há alguns projetos aprovados, faltando o dinheiro ser liberado; existem desapropriações a serem feitas; obras estruturantes, como o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante carecem conclusão e, nos constrangem os argumentos oficiais, como do Senhor Ricardo Gomyde, quando afirma “o atraso das obras de mobilidade urbana não atrapalha a realização da Copa do Mundo de 2014”.

Mas não foi isso que se alegou para sediar a copa, mas prometido um legado permanente para a cidade, que teria a copa como a oportunidade de sua consecução, pois os três ou quatro jogos da copa não tem maior interesse, pois os ingressos serão dirigidos para os turistas, com mínima oportunidade para os desportistas do Rio Grande do Norte.

Nosso lucro desse Evento é o que ficar como legado. São soluções para a drenagem das águas pluviais, a mobilidade urbana através de novas alternativas de trânsito, conclusão do novo aeroporto, aí sim, teria razão de ser a euforia de Amaro Sales, e garantidos o legado da infraestrutura, o legado social e o legado das oportunidades de negócio.

Até agora só vemos “blá, blá, blá!”. ACORDEM SENHORES EMPRESÁRIOS, estamos aí diante de dificuldades na economia, com uma seca anunciada e o reiterado descumprimento das necessidades básicas prometidas para o povo crédulo e sofrido desta terra potiguar. Vamos fazer o dever de casa e arrumá-la para receber os visitantes em 2014.

(*) Advogado e escritor

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Todas instituições policiais do RN estão no Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania.

 
O POTI/DN.
Política
Edição de domingo, 15 de abril de 2012 
Ponteio

Aluísio Lacerda // aluisiolacerda@gmail.com

Cadê o doutor?

A morte de uma criança numa unidade materno-infantil da Zona Norte de Natal, a existência de dez leitos de UTI prontos e equipados, mas sem funcionar, num hospital da mesma região da capital e agora a ameaça de fechamento de 13 leitos maternos e seis de UTI neonatal no Hospital Pedro Germano, da Polícia Militar, são registros anotados pela mídia na última semana que merecem uma reflexão. Segundo dados do Ministério da Saúde, o governo federal, atendendo a pedidos de socorro de 1.228 prefeitos, ofertou 7.193 vagas em áreas carentes, mas apenas 20% desses municípios conseguiram contratar médicos. As autoridades não divulgaram o nível de remuneração desses profissionais, mas a ação ministerial atende pelo pomposo nome de Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). Ação destinada a levar médicos aos rincões do país e a áreas carentes das capitais e regiões metropolitanas. Além da remuneração, o Provab oferece bônus de 10% nas provas de ingresso em residências médicas a recém-formados que trabalharem por um ano nessas cidades. Mesmo assim não há médicos interessados. A União quer elevar a taxa média para 2,5 médicos por mil habitantes, mas o Conselho Federal de Medicina considera o atual número (1,75 p/mil) suficiente. Fazer o quê? O governo ameaça ir buscar médicos em Cuba, Bolívia e Argentina.

Precatórios do TRT/RN

O Ministério Público Federal, pela Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, instaurou inquérito civil público para apurar a falta de pagamento de precatórios requisitórios expedidos pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região contra a prefeitura de São Bento do Norte. São cinco processos relativos aos anos de 2002 a 2004.

Símbolo de Natal

Jornalista e historiador, Luiz Gonzaga Cortez acende a polêmica com a publicação de dois documentos. Não foi o padre Gaspar de Samperes o construtor da fortaleza dos Reis Magos, um dos símbolos de Natal, mas Francisco Frias de Mesquita, engenheiro-mor do Brasil que também projetou o plano da cidade de São Luís do Maranhão.

Humanos direitos

Por ato da governadora Rosalba Ciarlini foram designados os novos integrantes do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania. É o mais amplo conselho estadual, com 38 representantes. São as seguintes a entidades e instituições: Secretaria de Justiça e Cidadania, Assembleia Legislativa, Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, UFRN, Conselho Estadual da Criança, OAB/RN, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Centro de Direitos Humanos e Memória Popular, FIERN, Arquidiocese de Natal, Ordem dos Pastores Evangélicos, Associação Norteriograndense de Anistiados Políticos, Conselho Regional de Psicologia, Fórum de Mulheres do RN, Instituto de Pesquisa e Estudos da Justiça e da Cidadania, Centro de Estudos, Pesquisa e Ação Cidadã, Sindicato dos Policiais Civis, Sindicato dos Jornalistas do RN, Federação Espírita do RN, Associação de Cabos e Soldados da PM, CUT, Sociedade Terra Viva, Comissão Justiça e Paz - Macau/RN, Federação dos Conselhos Comunitários do RN, Centro de Desenvolvimento Social e Comunitário de Parnamirim, Grupo Habeas Corpus Potiguar, Kilombo - Organização Negra do RN, Canto Jovem - Arte e Educação com Adolescentes, Sindicato dos Aposentados do RN, Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares dos Municípios do RN, Instituto Opino Iuris, Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos do RN, Associação de Praças da PM e Grupo Auxiliar de Saúde Mental da CPS/Secretaria de Estado da Saúde Pública.

Na Corte eleitoral

Mudança no Tribunal Superior Eleitoral. A ministra Cármem Lúcia Antunes Rocha, mineira de Montes Claros, assumirá a presidência da Corte eleitoral na próxima quarta-feira. Será a primeira mulher a presidir o TSE e as eleições municipais de outubro. Eloquente e firme em suas decisões, a ministra Cármem Lúcia fala fluentemente inglês, francês, italiano, alemão e espanhol. Escreveu sete livros.

Música erudita

O Ministério da Cultura autorizou a Virtuosi Sociedade Artística, de Jaboatão dos Guararapes (PE) a captar R$ 1,2 milhão para a realização de festivais de música erudita em Natal, Maceió, João Pessoa, Aracaju, Recife, Gravatá e Olinda a partir de maio deste ano. É o projeto Virtuosi 2012 de música instrumental erudita.

Chuvas de balas no território de Candelária!

Eu não ouvi nada, mas às 7 horas de hoje, duas senhoras, na frente da minha casa, pararam e disseram: "o senhor souibe do tiroteio da noite de ontem? Não soube? Pois foi bala prá danado, assim me contaram". Em seguida, fui em busca da confirmação da notícia. E era verdade. O fato aconteceu por volta das 20 horas de ontem, na rua Marquês de Pombal, perto do boteco "Cabeça do Bode", entre policiais civis e pms e três bandidos que se preparavam para assaltar a lanchonete "Mister Empadas", na esquina com a avenida Prudente de Morais.  Foi a terceira tentativa de assalto (duas concretizadas, mas os ladrões se deram mal e foram para as cucuias) e a primeira deste ano. Segundo o informante que ouviu os tiros, Três bandidos estavam num carro e dois desceram para o assalto, mas um policial civil, cujo pai mora próximo, viu a "arrumação" e deu o alarme. Um assaltante foi ferido e preso e dois fugiram no carro que estava dando cobertura. Essa é a versão ouvida, mas Bira fez muito bem em avisar o policial. Tentaremos obter mais detalhes desse tiroteio. O problema é que muita gente não quer falar. Motivo: a situação está braba, feia e apavorante, como classificou Asterlúzia Tinôco, assuense da gema que está preocupada com a insegurança.
Correção: o fato ocorreu e um ladrão foi preso, mas na avenida Prudente de Morais. A tentativa de assalto ocorreu na rua Juarez Távora, próximo a um revendedor de água mineral e bar. Local bem distante do Mister Empadas, mas é a rua da lateral do Cabeça do Bode. Pedimos desculpas pelas incorreções involuntárias.

terça-feira, 17 de abril de 2012


Homem morre atropelado na orla da Praia do Meio

Publicação: 17 de Abril de 2012 às 17:58
tamanho do texto A+ A-

Um homem identificado como Washington Ferreira da Silva, de 55 anos, morreu na tarde desta terça-feira (17) quando tentava atravessar a avenida principal da Praia do Meio, zona Leste de Natal. O rapaz foi atingido por uma moto de cor preta no meio da via e não resistiu aos ferimentos do impacto.

De acordo com as informações de moradores do local, Washington bebia e costumava andar pela avenida e, às vezes, parava  veículos no meio da pista. O motociclista envolvido no acidente, Giordanno Januário do Nascimento, 25, teve ferimentos leves e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Giordanno estava estarrecido com o acidente e chorava muito no local. Além do Samu, equipes da Polícia Militar, Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) também foram ao local para organizar o tráfego dos veículos.

Deicor apreende mais de 10 quilos de droga escondidos em veículo; três pessoas foram presas

Tribuna do Norte/ Natal/RN.

Publicação: 17 de Abril de 2012 às 17:40
tamanho do texto A+ A-

Marco Carvalho - repórter

Equipes da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte realizaram uma apreensão de drogas durante a tarde desta terça-feira (17). Os policiais da Deicor encontraram quatro quilos de pasta-base de cocaína e nove quilos de crack escondidos no interior de um veículo que chegava a Natal. Três pessoas foram responsabilizadas pela posse dos entorpecentes e estão sob custódia da polícia. Os agentes ainda vasculham o carro em busca de mais drogas.

O esquema foi desmontado após investigação da polícia. A Deicor monitorava desde ontem um caminhão do tipo cegonha que carregava um veículo suspeito. No carro tipo Palio de cor prata, a polícia realizou inspeção e encontrou a cocaína e o crack. De acordo com a investigação, a droga seria entregue para revenda em Natal. Alcides Soares de Moura Júnior, conhecido como Júnior Montoya, Robson Batista Marinho e Fábio Rodrigues da Silva foram presos e serão indiciados por tráfico dos entorpecentes.

As informações do caso foram repassadas pelo delegado Normando Feitosa, adjunto da Deicor. "O carro vinha de São Paulo e já estava planejada a venda da droga aqui em Natal. A quadrilha chegou a alugar uma casa no San Valle, no valor de R$ 2,5 mil, com piscina e tudo", informou Feitosa. Uma pistola calibre 380 e uma balança digital também foram apreendidas. 

domingo, 15 de abril de 2012